Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Dicas de estilo para mulheres petite

Dicas de estilo para mulheres petite

Baixinhas, chamadas à receção, este artigo é especialmente dedicado a vocês! Diz-se muito, por cá, que a mulher se quer pequenina como a sardinha. E seja em tempo de santos populares ou no ano inteiro, o facto é que a mulher portuguesa não é, em média, de grande estatura.

Pinterest Google+
PUB

Há a crença geral de que ter uns quilos a mais dificulta imenso na hora de vestir, mas, conhecendo o nosso tipo de corpo, vestir bem e estar confiante é uma questão de silhueta e não de tamanho. No entanto, uma mulher de estatura mais baixa e pequena, mais magrinha ou não, encontra até mais dificuldades que as meninas com os quilinhos a mais e até altas que acham que nada lhes fica bem.

 

Nas mulheres petite, também há que considerar o biótipo, mas a dificuldade acrescida advém do facto de as lojas cá em Portugal não terem peças orientadas para mulheres mais pequenas, com os ditos tamanhos petite. Logo, o fitting perfeito acaba por ser mais complicado. Daí que muitas de vocês, mais baixinhas, tenham alguma dificuldade na ida às compras. Mas, como em tudo na vida, há solução!  Aqui ficam, então, as minhas 12 dicas para que as meninas de estatura mais baixa possam ter um estilo impecável e que favoreça a sua silhueta:

 

Veja também: O que as it girls andam a vestir

 

1 – Não tenham medo de usar padrões, certifiquem-se apenas de que o desenho escolhido seja mais miudinho, para não se sobrepor a vocês.

 

2 – Partes de cima, casacos, vestidos – regra número 1 e super importante: os ombros têm que assentar na perfeição. O mais normal, com os tamanhos que se encontram por cá, é ver as mulheres petite com peças que não lhes assentam bem nos ombros, ficando grandes de mais. Vai sempre parecer que têm 10 anos a vestir a roupa da vossa mãe e vão dar a sensação de que são ainda mais pequenas do que são na realidade. E lembrem-se de que ombros de casacos são praticamente impossíveis de arranjar, por isso, se a peça não vos assenta na perfeição, continuem à procura de um tamanho e corte que seja o mais adequado. Se têm peças ‘da mãe’ no armário, livrem-se delas, já sabem.

 

3 – Ser baixinha não é problema nenhum, mas, se gostariam de parecer mais altas, a roupa resolve. Vestirem-se todas da mesma cor ajuda a dar um efeito de alongamento assim como combinar a cor dos collants ou calças com as dos sapatos para, lá está, alongar e não criar cortes cromáticos que cortem a figura e façam parecer ainda mais baixa. Mas assumir a altura não é problema nenhum e claro que saltos de 15cm vos vão dar um boost grande de altura, mas nada contra a usarem sapatos rasos.

 

Veja também: As alpercatas estão de volta. Veja como as conjugar

 

4 – Para não prejudicarem a altura, as saias e vestidos não devem ser muito compridos. Pelo joelho é o máximo e, como são mais baixinhas, uns centímetros acima do joelho, não parece nada mal e favorece imenso.

 

5 – Não sei se já vos disse, mas o fitting é muito importante. O fitting é essencial! Vestidos cintados, por exemplo, têm que assentar mesmo na cintura. Como muitos vestidos estão feitos para mulheres mais altas, é normalmente assentar-vos na zona da barriga e não na vossa cintura natural, o que não favorece, realça muitas vezes uma zona de que não gostam tanto e faz-vos parecer mais baixas. Por isso, a cintura tem que estar no sítio certo, se for possível arranjar a peça para que isso aconteça, é isso que têm que fazer, senão, é continuar a procurar um vestido que assente melhor. E o cinto, também para as baixinhas, é um acessório muito valioso. Com peças mais largas ou direitas, adicionar um cinto dá forma e impede que a largura das peças vos faça parecer mais pequenas. Quanto mais ajustado for, melhor o outfit vos fica.

Artigo anterior

Jejum alternado com refeições normais é tão eficaz quanto restrição calórica diária

Próximo artigo

Factos engraçados (e desconhecidos) sobre a Europa