Home»BEM-ESTAR»CORPO»Dia Mundial da Atividade Física: hoje há entrada gratuita em ginásios

Dia Mundial da Atividade Física: hoje há entrada gratuita em ginásios

Um pouco por todo o país, clubes de fitness e saúde abrem as suas portas para promover a saúde dos portugueses. A iniciativa é da Associação de Empresas de Ginásios e Academias de Portugal.

Pinterest Google+

No Dia Mundial da Atividade Física, 6 de abril, a grande parte dos clubes de fitness e saúde em Portugal vão abrir as suas portas para promover a importância da atividade física junto dos portugueses. Esta iniciativa é promovida pela AGAP- Associação de Empresas de Ginásios e Academias de Portugal e pretende dar o mote para uma campanha mundial contra a obesidade e a vida sedentária.

 

Em Portugal, calcula-se que a inatividade física atinja 50% da população, embora os números possam subir até aos 80% quando se contabiliza a população portuguesa que não pratica atividade física suficiente para cumprir as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

VEJA TAMBÉM: DE VOLTA AO GINÁSIO: 10 ALIMENTOS PARA GANHAR MÚSCULO E PERDER GORDURA

 

«É um dia de celebração, mas também de reflexão sobre a importância da atividade física. Se queremos um Portugal ativo, é fundamental a definição, a curto prazo, de uma estratégia coletiva que melhore os níveis da prática de atividade física dos portugueses. Estamos disponíveis para colaborar com a Direcção-Geral de Saúde para colocar em prática o Programa Nacional Para a Promoção de Atividade Física», refere José Carlos Reis, presidente da AGAP.

 

As recomendações para prática da atividade física para a população adulta situam-se em 150 minutos (cerca de duas horas e meia) de atividade física moderada ou vigorosa, acumulados numa semana. Já as crianças e adolescentes devem praticar diariamente, pelo menos, 60 minutos de atividade física de intensidade moderada a vigorosa. Tal deve incluir, pelo menos 3 vezes por semana, 20 a 30 minutos de atividades como correr, subir e descer, saltar ou outras atividades que solicitem o sistema musculosquelético para a melhoria da força muscular, da flexibilidade e resistência óssea.

 

VEJA TAMBÉM: CELULITE, A DIABÓLICA CASCA DE LARANJA (QUE ESTÁ DE VOLTA)

 

A falta de inatividade física também acaba por acarretar custos que em Portugal estima-se em pelo menos 900 milhões de euros. Estes custos dizem respeito a despesas com doenças que a atividade física poderia prevenir (8% das doenças das artérias coronárias, 11% dos casos de diabetes tipo II, 14% dos casos de cancro da mama e 15% de cancro colorretal) e com a mortalidade prematura associada.

 

Com base neste enquadramento, a AGAP espera que no Dia Mundial da Atividade Física muitos portugueses deem o primeiro passo para iniciar um estilo de vida saudável.

Artigo anterior

Dia Mundial da Atividade Física... comece a fazer exercício hoje

Próximo artigo

Podologista recomenda cuidados a ter com os pés no desporto