Home»VIDA»DIREITOS HUMANOS»Dia Internacional da Memória das Vítimas do Holocausto: nomes das vítimas projetados em fachada em Berlim

Dia Internacional da Memória das Vítimas do Holocausto: nomes das vítimas projetados em fachada em Berlim

Os nomes de 10 milhões de vítimas do Holocausto estão registados nos Arquivos Arolsen. Durante uma semana, através da iniciativa #everynamecounts, estes nomes são projetados publicamente em Berlim e partilhados com o mundo através de uma transmissão ao vivo.

Pinterest Google+
PUB

Milhares de nomes de vítimas do Holocausto são projetados na fachada da Embaixada de França em Berlim, durante uma semana, para não deixar esquecer aquele que é um dos momentos mais negros da história da Humanidade. Uma transmissão ao vivo quer levar a iniciativa ao maior número possível de pessoas.

 

A iniciativa #everynamecounts, dos Arquivos Arolsen, é apoiado pela Comissão de Cultura da Alemanha e pela Embaixada da França e pretende também ser um símbolo da amizade franco-alemã do pós-guerra, após tantas décadas de inimizade.

 

Para Monika Grütters, comissária do Governo da Alemanha para Cultura e Média, vivemos novos tempos perigosos: «Estamos a experimentar cada vez mais ódio e incitação, não só nas redes sociais e na esfera digital, mas também aqui nas ruas. Basta pensar em ataques como em Hanau e Halle. E é por isso particularmente importante lembrar onde o ódio e o incitamento, o antissemitismo e o ressentimento levaram: ao Holocausto», declarou á Euronews.

 

Os Arquivos Arolsen é o arquivo mais extenso de nomes de vítimas e documentos sobre o Holocausto. A organização está a disponibilizar cada vez mais documentos online para poderem ser pesquisados a partir de todo o mundo e não deixarem cair a memória desta tragédia humanitária.

Artigo anterior

Processos judiciais sobre mudanças climáticas duplicaram em três anos

Próximo artigo

Implantes dentários: a opção mais semelhante aos dentes naturais