Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Desperdiçamos perto de 500 gramas de comida por dia

Desperdiçamos perto de 500 gramas de comida por dia

Cada pessoa no mundo ocidental desperdiça o correspondente a 30% da média diária de calorias consumidas, extravasando-se o desperdício alimentar no uso indevido de terras usadas para cultivo e de água para a cadeia de produção alimentar. Curiosamente, são as pessoas que seguem dietas saudáveis aquelas que mais desperdiçam, pois consomem mais produtos frescos.

Pinterest Google+

Um estudo realizado pela Universidade de Vermont, EUA, concluiu que cada pessoa no mundo ocidental desperdiça perto de meio quilo de comida por dia, mais concretamente 422 gramas. A pesquisa apurou também que este desperdício varia ainda pelo tipo de dieta seguido, sendo que quem faz uma alimentação saudável desperdiça mais, porque recorre mais a produtos frescos.

 

Assim, nesta análise que incidiu sobre os anos de 2007-2014, os consumidores dos EUA desperdiçaram cerca de 150.000 toneladas de alimentos por ano. Os pesquisadores estimam que o desperdício de comida corresponde ao uso de 30 milhões de hectares de terra anualmente e 4,2 ‘triliões’ de litros de água de irrigação a cada ano. Replicando estes valores pelos outros países ocidentais com comportamentos semelhantes, é fazer as contas.

 

VEJA TAMBÉM: COM OU SEM CASCA? COMO DEVE SER INGERIDO O QUIVI?

 

De acordo com o estudo, publicado hoje no PLOS ONE, a quantidade de comida desperdiçada é igual a 30% da média diária de calorias consumidas por cada pessoa. Enquanto a maioria das pessoas quer comer melhor – colocando mais frutas e legumes nos seus pratos – o estudo descobriu que as dietas de melhor qualidade estavam associadas a níveis mais altos de desperdício de alimentos.

 

O estudo, realizado por pesquisadores do Serviço de Pesquisa Agrícola, da Universidade de Vermont e da Universidade de New Hampshire, é o primeiro a explorar as ligações entre a qualidade da dieta, o desperdício de alimentos e os impactos ambientais, revela o comunicado divulgado.

 

Dos 22 grupos de alimentos estudados, as verduras e a fruta foram os mais desperdiçados (39 por cento do total), seguidos pelos laticínios (17 por cento), a carne e pratos de carne (14 por cento). «As dietas de elevada qualidade têm maiores quantidades de frutas e vegetais, que estão a ser desperdiçadas em quantidades maiores do que outros alimentos. Comer de forma saudável é importante e traz muitos benefícios, mas à medida que buscamos essas dietas, devemos pensar muito mais conscientemente sobre o desperdício de alimentos», alerta Meredith Niles, professora da Universidade de Vermont e coautora do estudo.

 

VEJA TAMBÉM: DICAS PARA EVITAR O DESPERDÍCIO NA COZINHA

 

O estudo também descobriu que as dietas mais saudáveis ​​usam menos terra cultivada do que as dietas de baixa qualidade, mas levam a um maior desperdício de água para a irrigação do cultivo de frutas e vegetais. «A maioria das pesquisas existentes analisou as emissões de gases do efeito estufa ou o uso da terra e a sua ligação com diferentes dietas. Este estudo é o primeiro a considerar o desperdício de alimentos como outro componente importante dos diferentes resultados das dietas», explica a especialista.

 

Na Europa, todos os anos, 90 milhões de toneladas de comida são desperdiçados. Em linha com as metas de desenvolvimento sustentável da ONU, os Estados membros devem reduzir o desperdício de alimentos em 30% até 2025 e 50% até 2030. Para evitar o desperdício de alimentos, os Estados membros devem oferecer incentivos para a recolha de alimentos não vendidos e sua segurança e redistribuição. A consciencialização dos consumidores sobre o significado das datas de rotulagem “usar por” e “melhor antes” também deve ser melhorada, dizem os deputados.  Veja o vídeo abaixo em que a Comissão Europeia apela pelas imagens ao não desperdício de comida.


Artigo anterior

Dia Mundial da Terra: Formas de ajudar (sempre) o ambiente

Próximo artigo

Partilham, reparam e reutilizam: jovens adultos apostam no consumo colaborativo