Home»VIDA»CARREIRA»Desmotivação profissional atinge 87% da população

Desmotivação profissional atinge 87% da população

Colaboradores desinteressados apresentam baixos níveis de desempenho e produtividade segundo um estudo desenvolvido pela Engage & Grow, líder mundial de treino de motivação e equipas.

Pinterest Google+

87 por cento dos colaboradores sentem-se desmotivados no local de trabalho. Esta é a principal conclusão de um estudo desenvolvido pela Engage & Grow, líder mundial de treino de motivação de equipas.

 

Refira-se que, deste valor, 67 por cento dos colaboradores revela que não se sente alinhado com a empresa e só realiza as tarefas mínimas. Os restantes 20 por cento enquadra-se mesmo na categoria “altamente desmotivado”, valores que representam um elevado risco para o negócio, tendo em conta que empresas com colaboradores desinteressados apresentam baixos níveis de desempenho e produtividade.

 

VEJA TAMBEM: APAIXONE-SE PELO SEU TRABALHO

 

Segundo esta empresa, um colaborador motivado está alinhado com a empresa, com a sua missão e vai mais além para alcançar o sucesso. Já um colaborador desmotivado está “ausente”. Eles podem estar presentes fisicamente, mas não psicologicamente. Não estão alinhados com a empresa e só fazem o mínimo necessário. Um colaborador altamente desmotivado pode prejudicar e agir contra uma empresa. Procuram destruir os índices de produtividade dos restantes colaboradores.

 

Na verdade, vários estudos demonstram que as empresas com equipas desalinhadas têm um baixo nível de desempenho de forma permanente, sofrem de baixa produtividade e possuem alta rotatividade de colaboradores, com elevados custos associados.

 

Se é um destes colaboradores desalinhados e quer retomar as rédeas da sua progressão profissional, veja, na galeria acima, alguns erros de carreira que não convém cometer.

Artigo anterior

Cansado? Veja como melhorar a agilidade mental

Próximo artigo

Mantenha a energia: Alimentos mais ricos em potássio do que a banana