Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Depressão associada a deficiência de vitamina D

Depressão associada a deficiência de vitamina D

A principal fonte de vitamina D em humanos é a exposição da pele à luz solar.

Pinterest Google+

Um grupo de investigadores do ‘Centre Julius’ da Universidade da Malásia descobriu uma relação entre a deficiência de vitamina D e sintomas depressivos entre as mulheres malaias urbanas.

 

Mais de dois terços das mulheres que participaram no estudo, divulgado pela Universidade de Cambridge (Reino Unido), tinham deficiência em vitamina D e apresentaram maior risco de depressão, assim como uma pior saúde mental. As mulheres malaias e indianas étnicas que relataram mais sintomas depressivos estavam mais propensas a ser deficientes em vitamina D, provavelmente devido à pigmentação mais escura da pele, estilos de roupas constrangidas pela religião e preferência estética por pele mais clara.

 

Veja a galeria: Sintomas de depressão

 

A principal fonte de vitamina D em humanos é através da síntese dos raios ultravioleta da luz solar. Estudos do ocidente têm mostrado uma associação entre a deficiência de vitamina D e sintomas depressivos. No entanto, até agora, não há estudos semelhantes realizados em países tropicais com sol abundante, como a Malásia.

 

Veja a galeria: Saiba como obter vitamina D

 

Segundo o autor principal do estudo, Moy Foong Ming, a situação é preocupante e estas mulheres podem correr o risco de ter «osteoporose pós-menopausa com a idade. Além disso, a deficiência de vitamina D também está associada a doenças cardiovasculares», declarou o investigador.

Artigo anterior

Adele compra mansão milionária em Beverly Hills

Próximo artigo

Sandálias perfeitas para o verão