Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Decoração de Natal transfigura-se e elogia natureza no Shopping Cidade do Porto

Decoração de Natal transfigura-se e elogia natureza no Shopping Cidade do Porto

Pavões, asas de anjo, pórticos de vegetação e árvore de Natal suspensa transformam o centro comercial no spot mais fotografável da cidade.

Pinterest Google+
PUB

“A natureza está a tomar conta do Shopping Cidade do Porto” é o mote do projeto de decoração de Natal do centro comercial, que se inspirou na natureza em estado puro para recriar o espírito de Natal.

 

O projeto artístico de decoração convida a viver uma experiência sensorial única, que desperta os sentidos e transporta os clientes e visitantes para um mundo natural, onde elementos da fauna convivem harmoniosamente com apontamentos celestes e fazem a ponte para uma imponente árvore de Natal suspensa no vazado principal do centro comercial.

 

Pórticos com colunas de vegetação luxuriante, pavões majestosos espalhados pelas entradas, baloiços gigantes de pássaros e asas de anjos prometem tornar o Shopping Cidade do Porto no spot mais instagramável da Invicta.

 

VEJA TAMBÉM: ESTÚDIO DE PLANIFICAÇÃO DA IKEA CHEGA A SETÚBAL

 

“As medidas decretadas por causa da covid-19 fecharam muitos milhões de pessoas em casa e transformaram muitas metrópoles em cidades-fantasma. Durante esse período, várias foram as notícias veiculadas a propósito da forma como o resiliente mundo natural se manifestou”, refere Paula Mena, diretora do centro comercial.

 

“Vimos pavões nas ruas de Bombaim, javalis em Barcelona, veados e corças em Londres numa “invasão” surpreendente que encantou milhões de pessoas. Há também vários exemplos de espaços abandonados pelo Homem, por circunstâncias várias, que agora estão entregues à mãe-natureza e que trouxeram resultados inesperados na paisagem. Esta beleza majestosa foi a nossa inspiração para o projeto de decoração de Natal deste ano”, sublinha a responsável, que pretendia proporcionar aos clientes e frequentadores “um ambiente surpreendente, repleto de cor, alegria e energia positiva”.

 

Assim, para além das três portas de entrada completamente revestidas de vegetação, há cinco pavões coloridos e cheios de luz a adornar diferentes espaços do shopping e dois pares de asas de anjo a convidar a tirar selfies ou fotografias com a família ou com amigos.

 

DECORAÇÃO DE Natal em natureza

No vazado central, uma árvore de Natal suspensa é “engolida” pela natureza, numa comunhão entre o símbolo máximo da quadra e o meio ambiente que desabrocha livremente.

 

Três baloiços gigantes com pássaros complementam a arrojada decoração natalícia que envolveu uma equipa de profissionais constituída por designers, escultores, serralheiros, pintores, eletricistas e engenheiros. A colocação das peças suspensas ficou a cargo de uma equipa de alpinistas.

 

Bee Plan assina projeto de decoração

Desenvolvido pela Bee Plan, empresa especialista em decoração de Natal interior e exterior, o projeto artístico foi exclusivamente concebido para o shopping Cidade do Porto e materializado através de peças feitas exclusivamente à mão e com materiais reciclados.

 

A conceção manual daqueles espantosos elementos decorativos traduz-se em mais de 600 horas de trabalho, a partir de peças recicláveis, na maioria reutilizados, entre os quais alumínio, rede metálica, tapetes de ioga, flores artificiais – algumas das quais desconstruídas – bolas, vegetação artificial e iluminação LED.

 

Conceição Amorim, diretora da Bee Plan, sublinha que a falta de matérias-primas acabou por transformar esta decoração num exercício artístico sustentável. “O que à partida podia ser um entrave à concretização do projeto acabou por ser um desafio de superação para toda a equipa. Com a escassez de matérias-primas para dar corpo à decoração de Natal, que começa a ser pensada logo no início do ano, decidimos desconstruir materiais e fazer substituições”, sublinha.

 

Sem plumas e penas no mercado para cobrir pavões, anjos e pássaros, a empresa optou por utilizar flores e outros materiais. “Os escultores acabaram por ter maior liberdade para interpretar o projeto e criar as peças de forma artesanal. Na natureza nada é igual, nada há peças iguais, pelo que esta decoração de Natal do Shopping Cidade do Porto é de facto única, genuína e com um peso artístico muito significativo”, destaca Conceição Amorim, afiançando ainda que “a economia circular chegou à Bee Plan para ficar”.

 

Artigo anterior

Portugueses consomem 12 litros de álcool por ano

Próximo artigo

Os benefícios das nozes: de antioxidante ao reforço celular