Home»BEM-ESTAR»CORPO»DECO alerta para cuidados no uso de suplementos alimentares

DECO alerta para cuidados no uso de suplementos alimentares

Numa altura em que os portugueses estão a aumentar a prática de desporto, a organização de defesa do consumidor alerta para a ingestão de suplementos alimentares e clarifica alguns mitos sobre a atividade física.

Pinterest Google+
PUB

O desporto tem vindo a ganhar espaço na rotina dos consumidores e há quem opte pela ingestão de suplementos alimentares, de modo a chegar aos seus objetivos de forma mais rápida. Contudo, e de acordo com a DECO PROTESTE, a atividade física só terá os efeitos desejados se for aliada a uma alimentação equilibrada. Por outro lado, existem ainda muitos mitos em torno da prática de desporto, os quais são esclarecidos pela organização de defesa do consumidor.

 

Segundo dados publicados em 2020 no Journal of the Internacional Society of Sports Nutrition, 44% dos frequentadores de ginásios inquiridos em Portugal utilizaram, pelo menos, um suplemento alimentar no último ano.

 

As principais razões apresentadas foram o aumento da massa muscular (55,7%), a aceleração da recuperação (52,7%) e a melhoria da performance desportiva (47,3%). Muitas das vezes, a internet e os amigos são as fontes de informação escolhidas pelos consumidores para entrarem no mundo da suplementação.

 

VEJA TAMBÉM: BICICLETA, ELÍPTICA OU REMO: QUAL O MELHOR APARELHO?

 

A evidência científica relativa aos efeitos dos suplementos no desporto é escassa e muitas pessoas tomam-nos sem saberem se, de facto, necessitam de o fazer. Os suplementos alimentares não passam pelos controlos criteriosos a que são sujeitos os medicamentos. Por esta razão, a DECO PROTESTE aconselha a consulta do médico ou nutricionista para o aconselhamento, mantendo o foco numa alimentação saudável.

 

A Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA) recomenda que quem pratica desporto três dias por semana, durante 30 a 40 minutos, deve integrar na sua alimentação 45 a 60% de hidratos de carbono, 20 a 35% de lípidos, 5 a 35% de proteínas.

 

Por outro lado, existem ainda muitos consumidores com dúvidas sobre a prática da atividade física, associando-a muitas vezes a uma necessidade de perda de peso.  Por esse mesmo motivo, a DECO PROTESTE decidiu esclarecer um conjunto de mitos:

 

Mitos sobre atividade física

1 – Sou saudável e não preciso de perder peso. Logo não preciso de ser fisicamente ativo – Falso

Mesmo que tenha o peso ideal e pareça saudável, se tiver um estilo de vida sedentário, não será tão saudável quanto poderia. Há pessoas magras com depósitos de gordura no fígado, por exemplo.

 

2 – É preciso praticar desporto durante muitas horas para obter resultados – Falso

Para se manter saudável, o que importa é a soma dos períodos ativos. Para adultos, a Organização Mundial de Saúde recomenda 150 a 300 minutos de atividade física moderada por semana. Pode parecer muito, mas se integrar 30 minutos de atividade, cinco vezes por semana, já vai corresponder a esta recomendação.

 

3 – Queima-se mais gordura durante o exercício estando em jejum. Falso

Comer antes da prática de atividade física pode ajudar, uma vez que dá energia para uma melhor performance. O importante para os resultados é o total de energia gasta e a forma como o corpo reage a isso.

 

4 – Exercícios físicos à noite prejudicam o sono – Depende

Recomenda-se evitar atividades vigorosas, pelo menos, uma hora antes de deitar. Durante muito tempo, os especialistas desaconselharam a atividade física à noite. Contudo, estudos recentes concluíram que os exercícios noturnos ajudam a adormecer mais depressa e a ter um sono mais profundo, a não ser que pratique exercício de alta intensidade menos de uma hora antes de adormecer.

 

5 – Às crianças basta brincar – Falso

Crianças e jovens dos 5 aos 17 anos devem praticar, pelo menos, 60 minutos diários de atividade física moderada e vigorosa, para assegurarem um desenvolvimento saudável. O tempo em frente ao ecrã é cada vez mais preocupante porque o sedentarismo compromete não só a sua saúde presente como também a futura.

 

Para apoiar os consumidores nestas duas áreas, a DECO PROTESTE disponibiliza a plataforma de desporto outdoor FITMAP que apresenta mais de 2 000 espaços exteriores onde é possível praticar exercício físico, disponibilizando ainda informações sobre alimentação saudável e uma listagem de personal trainers certificados.

 

Artigo anterior

A hora a que se come afeta a nossa tolerância ao sol

Próximo artigo

Alimentos que podem suscitar dores de cabeça