Home»LAZER»DICAS & VIAGENS»De Chaves a Faro: roteiro de autocaravana pela estrada mais comprida de Portugal

De Chaves a Faro: roteiro de autocaravana pela estrada mais comprida de Portugal

Pode começar a norte ou a sul. O importante é pegar numa autocaravana e partir à aventura pela Estrada Nacional 2, a estrada mais comprida de Portugal… ou a nossa ‘Route66’. Pronto para a aventura?

Pinterest Google+

A Estrada Nacional 2 (EN2), com os seus longos 738,5 quilómetros, atravessa Portugal de uma ponta à outra, e pode ser um excelente roteiro para conhecer alguns dos melhores recantos do país. Veja imagens das localidades por onde deve passar na galeria acima.

 

A maior parte das autocaravanas têm todas as comodidades que são precisas para que a aventura corra sobre rodas. Mas existem particularidades que é importante conhecer.

 

Não se esqueça que a água, o gás e a eletricidade são limitados, por isso, vá parando nas áreas de serviço para abastecer o depósito de água potável e descarregar o reservatório das águas sujas. As autocaravanas mais modernas já vêm equipadas com painéis fotovoltaicos, baterias para armazenar a energia, que transformam a energia em corrente alterna, o que permite ter acesso a eletricidade mesmo quando a autocaravana está estacionada fora de um parque de campismo.

 

VEJA TAMBÉM: VAI MARCAR FÉRIAS? PASSE PELOS PARQUES DE DIVERSÕES MAIS INCRÍVEIS DA EUROPA

 

Lembre-se que deve pernoitar em segurança sem se arriscar a levar uma multa. Existem três situações em que pode pernoitar de autocaravana: parques de campismo, parques de autocaravanas ou num estacionamento público, respeitando as regras do Código da Estrada.

 

Para quem gosta de percorrer as estradas portuguesas à procura de bom tempo, momentos de lazer com a natureza e a liberdade para decidir, hora após hora, o próximo destino, a plataforma momondo sugere que faça uma roadtrip de autocaravana. Comece pelo norte ou pelo sul, como preferir.

 

VEJA TAMBÉM: O MUNDO ESPERA POR SI! UM DESTINO POR ANO…

 

1 – Chaves

Bem perto da fronteira com Espanha, comece por visitar a Ponte Romana, e não se vá embora sem provar o famoso pastel de chaves, a iguaria local, feita de massa tenra com recheio de carne picada.

 

2 – Vila Real

Rodeada pelo Alvão, o Marão e o Douro, a paragem em Vila Real é obrigatória. Entre os locais a não perder, destacam-se o magnífico Palácio de Mateus e a Sé, assim como as incríveis aldeias vinhateiras que circundam a cidade.

 

3 – Peso da Régua

Era do Peso da Régua (ou apenas Régua, como também é conhecida) que se transportavam os barris de vinho até Vila Nova de Gaia, cidade ainda hoje indissociável do vinho. Passe pelo Museu do Douro para perceber a importância deste património, aproveite para embarcar numa prova de vinhos locais e partilhe o que aprendeu com os seus amigos e familiares.

Artigo anterior

Mercado Caramelo: o mercado à moda antiga está de volta ao Pinhal Novo

Próximo artigo

Tire cinco dúvidas sobre a pílula do dia seguinte