Home»VIDA»ALTERNATIVAS»De Carneiro a Peixes: previsões astrológicas para 2020

De Carneiro a Peixes: previsões astrológicas para 2020

Conheça as principais linhas de orientação que vão influenciar os 12 signos do zodíaco no próximo ano, segundo as previsões de Isabel Guimarães, astróloga e presidente da Associação Portuguesa de Astrologia.

Pinterest Google+

Leão 23|07 a 22|08

Os leoninos ao começar o ano sentirão a influência do Eclipse Lunar de Caranguejo trazendo à luz o que foi semeado a partir de 2 de julho do ano passado. O movimento este ano da Vénus e Marte, retrógrados, e os restantes eclipses do ano, a forte tripla conjunção Júpiter/Saturno e Plutão em Capricórnio, em abril e outubro a quadratura do seu Sol a Úrano, o ingresso do Nodo Norte a Gémeos, fazem um resumo da tónica deste ano – onde a necessidade de segurança, libertação do passado e a busca da vitalidade no prazer do que faz trarão grandes desafios.

 

No trabalho, muitos começam a questionam se o que estão a fazer preenche a forma como dão prazer à vida. O início do ano trará pela conjunção do Sol a Saturno/Plutão tal como o ano passado, mas desta vez com as emoções mais fortes, entra Júpiter e questiona a fé, a razão superior do que realmente pretende fazer. Os meses mais favoráveis para maior consciência do que pretende fazer, será abril. Setembro, apesar da tensão externa, para os leoninos poderá ser uma fase de reviravolta, o seu Sol está em trígono às configurações mais fortes deste ano, e a esperança renasce em mudar, refazer, libertar o que tem ofuscado a sua luz e parar de viver na sombra.

 

A força do Eclipse Lunar, em Sagitário, mostra a forma como tem se agarrado à sua filosofia de vida de forma mais mental e sustentada na mente, não se permitindo sentir, brincar, expor o que sente e a forma que pretende partilhar a sua vida com quem alimenta seus ideais. Nesta fase, procure dizer, falar, pois os outros não podem ler a sua mente. E antes do seu aniversário, o Eclipse Total Solar de Caranguejo, a 21 de junho, e o Eclipse Total Lunar de 5 de julho, em Capricórnio, clarificam o foco na sua decisão. Para alguns, poderá ser mudar de país, para outros de cidade, outros redescobrem a sua vocação e libertam o sacrifício em tarefas que já não trazem a alegria que precisam, para outros ainda a visão interior torna-se a fonte de vida e de realização e encontram meios para se ligarem à sociedade de forma mais proactiva. A Vénus retrógrada em maio, e até ao final de junho – sendo que o regente Mercúrio mantem a sua retrogradação até 12 de julho – são quase 3 meses de uma profunda busca de autovalorizarão, que se manifesta nos seus relacionamentos, investimentos financeiros, na sua casa e na sua saúde.

 

Aproveite a Lua Nova de Leão no dia 19 de agosto, onde se encontra também Mercúrio já no movimento direto – terá a autoconfiança intelectual, favorecendo uma atitude positiva para enfrentar e solucionar problemas. Contudo, pode haver uma tendência para lidar com as coisas em termos gerais, ignorando os detalhes. O mês do ingresso do Sol em Virgem, juntamente com a Lua Nova no dia 17 de setembro, ajudam a uma maior organização nos detalhes, mas não espere rapidez: Marte inicia o seu movimento retrógrado no signo de Carneiro e até 14 de novembro, quando ficará direto. Até lá será necessário controlar o impulso da raiva e revolta, o exterior pode estar muito denso, foque a sua ação de forma a reorganizar o que poderá contribuir para o seu crescimento pessoal.

 

No amor, os relacionamentos existentes vão passar por profundos desafios, onde a valorização do casal passa por olhar para o que o outro sente e não descurar de si. Caso seja solteiro pode sentir dificuldade em sentir uma conexão mais profunda, devido a busca por si, no entanto pode mesmo estar à sua frente. Na saúde tenha atenção às gorduras, ossos e ao seu colesterol, é muito importante este ano fazer exercício e cuidar de hábitos diários com maior rigor.

 

VEJA TAMBÉM: O SIGNIFICADO DAS CORES: SAIBA COMO RODEAR-SE DAS ENERGIAS CERTAS

 

Virgem 23|08 a 22|09

Este ano, o seu signo passará também ele por grandes desafios e profundas mudanças, mas será um dos favorecidos pela tripla conjunção de Júpiter/Saturno/Plutão – a necessidade de enriquecer o seu trabalho, prazer e direcionamento, onde a preocupação com o seu meio ambiente é enriquecido por tarefas que contribuam para a sua conexão, libertando a critica, tensão e exigência de obrigações e responsabilidades. O que para um signo de rotinas e cumprimento de deveres, será um enorme desafio permitir-se fazer o que dá prazer. O reforço do Úrano noutro signo de terra, direto, clarifica o que investiu nos últimos 6 meses de 2019.

 

Os meses de março e abril trazem decisões na organização de tarefas e de querer assumir ainda mais responsabilidades, principalmente na área profissional, o que pode causar conflitos desnecessários. A Vénus faz quadratura à tripla em Capricórnio e é importante observar a forma como o meio exterior está a afetar a sua determinação e estabilidade, colocando em dúvida muitas das suas decisões, que focam a sua aprendizagem em vários setores da vida. Tenha atenção às 3 retrogradações do seu planeta Mercúrio ao longo do ano, e ao ingresso do Nodo Norte a Gémeos – que ativa o seu regente, direcionando a um foco no que pretende levar aos outros, principalmente neste ano onde a fé, o apoio, a libertação de quem sabota, e a entrega a um trabalho que traga algo para um coletivo, são cruciais.

 

Os eclipses de junho e julho, com o seu planeta retrógrado em Caranguejo levam a que precise de sentir a conexão do que se passa à sua volta, a família vai exigir a sua atenção. Assuntos ligados ao passado voltam e precisa de diálogos, onde não tenha receio de expor os seus sentimentos, nesta fase é crucial falar com o seu coração e menos uso da sua intelectualidade.

 

O mês de setembro indica novos começos e um maior foco nos seus investimentos, assim como o contato com assuntos ligados a outros países, que podem passar por uma grande viagem, mas neste mesmo mês de aniversário, onde é brindado com a sua Lua Nova, também Marte fica retrógrado e precisa de ter atenção a decisões que exijam rapidez, precisa rever e ajustar a sua vontade e não agir de forma impulsiva.

 

Num relacionamento de compromisso com a Vénus retrógrada em maio e junho e Marte, pela altura de setembro e outubro, estes aspetos simbolizam a necessária revisão antes de uma mudança de direção e, posteriormente, a retomada da direção em que estava – o que, no aspeto amoroso, requer dedicação, a necessidade de ser sincero com o que sente e de que forma o outro se sente na relação. Se estiver solteiro, aproveite este ano para definir o que é importante para si num relacionamento, os astros ajudam a criar uma maior estabilidade e foco nesta área de vida.

 

Na saúde, o ajuste aos seus hábitos alimentares, assim como uma rotina de exercício e atividades ao ar livre, promovem este ano a sua resistência a toxinas e um amento no seu sistema imunitário. Tenha atenção aos excessos, principalmente ao corpo físico com caminhadas ou idas ao ginásio excessivas.  Este ano será importante ter cuidado com as horas de descanso, e a diversão com amigos, de forma a promover a partilha e a sua capacidade de estar com os outros sem ser por causa de trabalho ou obrigações e responsabilidades, que irão beneficiar o seu corpo físico, mental e espiritual.

Artigo anterior

Autismo: uma visão além da genética

Próximo artigo

Empreendedorismo: sete passos para impulsionar a sua carreira ou negócio