Home»VIDA»CASA & FAMÍLIA»Curso de finanças para casais ajuda a melhorar a felicidade

Curso de finanças para casais ajuda a melhorar a felicidade

A experiência está a ser feita pela Universidade do Kansas, EUA, e terá resultados estatísticos para apresentar em 2018. Mas, para já, são já mensuráveis o aumento da felicidade e a redução do stress dos casais que participam no programa.

Pinterest Google+

Um programa de cinco semanas que põe os casais a falarem abertamente sobre dinheiro está a ter resultados positivos, ajudando-os a aumentar o seu nível de felicidade. A experiência está a ser levada a cabo pela Universidade do Kansas, EUA, e conta apresentar resultados definitivos em2018. Mas, para já, são já mensuráveis o aumento da felicidade e redução do stress dos casais que participam no programa.

 

«Cobrimos oito áreas diferentes em cinco semanas, sendo a primeira a comunicação. Embora pareça óbvio que os elementos dos casais precisam de saber como comunicar uns com os outros, é difícil implementar formas diferentes de expressar pensamentos e emoções», começa por explicar a investigadora Sonya Lutter.

 

A investigadora pediu a 13 casais para pontuarem a sua felicidade relativa aos temas finanças, comunicação e tarefas domésticas, e mais concretamente sobre stress financeiro, antes e depois do programa.

 

VEJA TAMBÉM: A SUA CASA É FRIA? AQUEÇA-SE SEM GASTAR DINHEIRO

 

Numa escala de 1-100, a felicidade média dos casais com as finanças subiu de 51 antes para 63 depois; a felicidade com a comunicação passou de 72 para depois de 79; e a felicidade com as responsabilidades domésticas passou de 69 antes para 78 depois. Na mesma escala, o stress financeiro caiu de 38 antes para 30 depois. «O programa é projetado para casais que estão no início da sua relação e baseia-se nos principais fatores de conflito dos casais, como o excesso de trabalho e a divisão do trabalho doméstico», explica Lutter.

 

O programa inclui também medições de temperatura corporal, uma vez que esta diminui quando as pessoas estão stressadas. «Nós realmente incentivamos os casais a estarem conscientes de como eles se sentem durante conversas stressantes», disse. Para isso, recomendam que se pare e se volte à conversa quando estão mais relaxados.

 

VEJA TAMBÉM: COMO POUPAR DINHEIRO NAS COMPRAS

 

Dos 13 casais incluídos no estudo, dois eram casais do mesmo sexo. Lutter disse que tal não mudou a dinâmica de como lidar com as finanças. Na maioria dos casais, há uma pessoa que acompanha mais as finanças e essa pessoa frequentemente entra em conversas financeiras com menor stress em comparação com o seu parceiro. À medida que os casais conversavam sobre as suas finanças, os níveis de stress mudaram.

 

Há discussões nos casais que são inevitáveis. Mas outras, como a gestão financeira, podem ser resolvidas de forma pacífica. Veja, na galeria acima, como evitar estes problemas que levam a discussões em 65 por cento dos casais.

Artigo anterior

Os erros a evitar num encontro de trabalho

Próximo artigo

Cientistas mais perto da cura da calvície