Home»BEM-ESTAR»CORPO»Prática desportiva: os cuidados a ter com os pés e com o calçado

Prática desportiva: os cuidados a ter com os pés e com o calçado

Os pés carregam diariamente todo o nosso peso, mas o impacto na base do nosso corpo é ainda maior quando se pratica desporto. De forma garantir a saúde e bem-estar dos seus pés a médio-longo prazo, a podologista Fátima Carvalho deixa algumas recomendações na hora de escolher o calçado adequando para a prática desportiva. Veja de seguida.

Pinterest Google+
PUB

Lave os pés diariamente e seque-os bem, principalmente entre os dedos.

 

Use apenas meias de tamanho adequado e de algodão ou de outro material específico.

 

Compre sempre o calçado desportivo ao final do dia, pois é quando os pés se encontram mais volumosos.

 

Experimente o calçado desportivo com meias, e se utilizar ortóteses plantares leve-as consigo e coloque-as dentro do calçado.

 

Ajuste sempre o calçado desportivo ao pé maior e ao dedo maior, e verifique se há espaço suficiente para os dedos se mexerem.

 

Escolha calçado desportivo com atacadores para ser possível um maior controlo e estabilidade do pé.

 

Utilize sempre o calçado adequado a cada desporto e de acordo com a sua pegada plantar.

 

Deve iniciar com atividade física moderada, no sentido de preparar todo o organismo para o exercício, pois sobrepeso e a falta de exercício irão conduzir a um excesso de stress sobre os pés.

 

Nunca se esqueça de efetuar um bom aquecimento antes de iniciar desporto, e execute alongamentos após o mesmo.

 

O calçado desportivo deve proteger o mais possível o pé, ser durável e adequado ao desporto e ao piso.

 

Substitua o calçado desportivo de caminhar a cada 500-1000 quilómetros, dependendo da utilização.

 

Utilize calçado adequado de acordo com a atividade física que vai executar e, muito importante, consulte sempre um podologista para identificar quais as alterações biomecânicas presentes no seu pé.

 

Artigo anterior

Já ouviu falar na dieta LCFH? É baixa em hidratos de carbono e alta em gorduras saudáveis

Próximo artigo

Quando a urina em excesso se torna num problema