Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Cuidados a ter com a saúde oral durante a quarentena

Cuidados a ter com a saúde oral durante a quarentena

Nesta altura em que todos temos de estar confinados em casa não temos as rotinas a que normalmente estamos habituados. Embora passemos mais tempo em casa, podemos descurar os cuidados básicos com a nossa saúde, nomeadamente a oral. Os cuidados que se seguem deverão ser mantidos após o período de quarentena e deverão fazer parte da nossa rotina.

Pinterest Google+

1 – Escovar os dentes com uma pasta flouoretada com a concentração ideal para as diferentes idades, durante dois minutos, não esquecendo de escovar também a língua, após as principais refeições (pequeno-almoço, almoço e jantar).

 

Após terminar a escovagem, deitar fora o excesso de espuma da pasta e não passar a boca por água. Se tiver um colutório, poderá então bochechar com o mesmo (pode usá-lo apenas duas vezes por dia, de manhã e à noite).

 

2 – Na escovagem da noite, usar sempre o fio dentário e só depois escovar os dentes.

 

3- No fim de cada escovagem, limpar e desinfetar as superfícies com as quais contatou (torneira, lavatório, bancada) e não deve partilhar os suportes para colocar as escovas de dentes. Nesta fase, qualquer objeto que utilize para fazer a higiene oral deverá estar separado dos restantes membros da família.

 

4 – Evitar os alimentos ou bebidas açucaradas que provocam cárie dentária, mas também obesidade, entre outras doenças.

 

5 – Não utilizar os dentes para abrir objetos. Ao tentar abrir objetos com os dentes corre um risco maior de fraturar um dente e necessitar de recorrer a uma urgência de medicina dentária.

 

6 – Uma vez que os médicos dentistas apenas podem ver urgências inadiáveis nesta altura, é importante que saiba quais são elas.

 

Se apresentar:

– Um abcesso, dor nas gengivas, fratura de um dente ou qualquer outra situação que o faça ter dor intensa;

– Lesão na boca ou área circundante que persiste pelo menos há 15 dias e não melhora;

– Sangramento na boca ou área circundante;

– Fraturas ou danos em implantes, próteses ou aparelhos ortodônticos que possam ser aspirados, deglutidos ou que possam levar a situações de dor ou lesões

 

Deverá contatar o seu médico dentista para que o possa aconselhar ou observar, caso seja necessário.

 

Artigo anterior

Como fazer uma depilação perfeita segundo uma dermatologista

Próximo artigo

Pudim de bacalhau com ervas aromáticas e molho de tomate