Home»BEM-ESTAR»NUTRIÇÃO»Há crianças que consomem sal em excesso. Como reverter a situação?

Há crianças que consomem sal em excesso. Como reverter a situação?

Descubra uma lista de recomendações aos pais e cuidadores na hora de prepararem as refeições dos mais novos.

Pinterest Google+
PUB

O sal é um ingrediente essencial em muitas cozinhas ao redor do mundo, conferindo sabor e realçando os gostos dos alimentos. No entanto,  pode estar dissimulado em muitos alimentos e a sua ingestão excessiva pode expor as crianças a problemas cardíacos que chegarão mais tarde na vida.

 

Muitos pais estão conscientes dos riscos associados ao sal, mas nem sempre é fácil identificar e controlar a quantidade que os seus filhos consomem.

 

Estas são algumas  estratégias práticas para os pais prepararem refeições saudáveis, descobrindo o sal oculto em diversos alimentos.

 

VEJA TAMBÉM: ALTERNATIVAS SAUDÁVEIS ÀS CARNES SEGUNDO UM NUTRICIONISTA

 

Consciencialização sobre o sal oculto
É crucial que os pais compreendam onde o sal pode estar escondido. Além do sal de cozinha, muitos produtos industrializados, como sopas enlatadas, molhos prontos e alimentos processados, contêm quantidades significativas de sódio. Ler os rótulos dos alimentos é o primeiro passo para identificar e limitar o consumo de sal.

 

Optar por ingredientes frescos
Dar prioridade a alimentos frescos e naturais é uma maneira eficaz de reduzir o consumo de sal. Frutas, legumes, carnes magras e cereais integrais são opções saudáveis que proporcionam nutrientes essenciais sem a necessidade de adicionar grandes quantidades de sal durante a preparação

 

Experimentar temperos alternativos
Os pais podem explorar uma variedade de temperos e ervas para realçar o sabor das refeições sem depender excessivamente do sal. Alho, cebola, manjericão, alecrim e outras especiarias são opções deliciosas que adicionam complexidade aos pratos sem comprometer a saúde.

Envolvimento das crianças na cozinha
Incluir as crianças no processo de preparação das refeições não só promove uma alimentação mais saudável, mas também educa sobre escolhas alimentares conscientes. Isso pode incluir atividades como lavar os vegetais, escolher ingredientes e até mesmo experimentar receitas simples.

 

Controlo das porções
Além de escolher alimentos saudáveis, é importante prestar atenção às porções servidas. Evitar porções excessivas ajuda a moderar a ingestão total de sódio, contribuindo para hábitos alimentares mais equilibrados.

 

Descobrir o sal oculto nas refeições das crianças exige atenção e consciencialização por parte dos pais. Optar por ingredientes frescos, experimentar temperos alternativos e envolver as crianças na cozinha são estratégias práticas que contribuem para uma alimentação mais saudável. Ao adotar essas práticas, os pais não apenas cuidam da saúde de seus filhos a curto prazo, mas também estão  a protege-los a longo prazo.

 

 

Artigo anterior

Pele do pescoço envelhecido? Conheça todas as soluções

Próximo artigo

Ajude o seu corpo: Os alimentos mais ricos em antioxidantes