Home»VIDA»ALTERNATIVAS»Cravinho na Ayurveda: a flor que acalma a dor

Cravinho na Ayurveda: a flor que acalma a dor

O cravinho da Índia, também chamado de Lavang em Ayurveda, é mais comummente conhecido pelo seu aroma como tempero culinário e pela sua presença em infusões de ervas. No entanto, esta aromática e saborosa especiaria contém um grande potencial terapêutico e tem sido tradicionalmente usada por milhares de anos no tratamento da tosse, constipações, náuseas, febre, infeções, toxicidade em geral e muito mais.

Pinterest Google+
PUB

Uso quotidiano do cravinho da índia-da-índia

Para tosse, dor de garganta, congestão, soluço e laringite

Mastigar dois a três botões de cravinho da índia até que o sabor seja removido. Mastigar os botões até que eles percam o sabor, e repetir quantas vezes forem necessárias. Se este método for muito intenso devido ao forte sabor do cravinho da índia, a segunda melhor opção será misturar um quarto de colher de chá de cravinho da índia em pó, com um quarto de colher de chá de gengibre em pó e um oitavo de colher de chá de pimenta-do-reino. Misture essas ervas numa colher de chá de mel e lentamente degustar a mistura. Beber um pouco de água morna após a ingestão.

 

Para a febre e a gripe

Ferver a medida de duas chávenas de água. Depois de ferver, reduzir o lume e adicionar sete a dez botões de cravinho da índia, duas colheres de sopa de folha de tulsi, uma colher de chá de gengibre fresco ou meia colher de chá de gengibre seco e uma pitada grande de pimenta-do-reino. Deixar em infusão por pelo menos quinze minutos, coar e adicionar mel (opcional), depois de arrefecer. Beber este chá a cada duas a três horas até que a febre baixe ou os sintomas da gripe diminuam.

 

Para enjoos matinais e náuseas gerais

Ferver a medida de duas chávenas de água. Depois de ferver, reduzir o fogo para ferver e adicionar sete a dez botões de cravinho da índia e uma colher de chá de gengibre fresco ou meia colher de chá de gengibre seco. Deixar em infusão por oito a dez minutos, coar e adicionar mel (opcional) depois de arrefecer. Beber este chá conforme necessário durante a gravidez para aliviar náuseas persistentes e enjoos matinais. (Consultar um terapeuta antes de aplicar esta receita)

 

Para a digestão e metabolismo lentos, desintoxicação e perda de peso

Tomar uma colher de chá de cravinho da índia em pó numa uma colher de chá de mel antes de cada refeição. Para potência extra, adicionar meia colher de chá de Trikatu Churna (evitar para Pitta) e aumentar o mel para duas colheres de chá. Continuar com alguns goles de água quente. Ser persistente para obter resultados percetíveis.

 

Para parasitas e crescimento excessivo de Candida

Tomar 1 colher de chá de vidanga com meia colher de chá de cravinho da índia em pó numa chávena de água morna. Tomar a mistura três vezes ao dia, antes das refeições por trinta dias, acompanhado de uma uma dieta limpa, com baixo teor de açúcar e poucos hidratos de carbono.

 

Para a má circulação

Tomar meia colher de chá de cravinho da índia em pó com meia colher de chá de canela e uma pitada grande de gengibre em pó. Isso pode ser tomado numa chávena de água morna ou uma a duas colheres de chá de mel (ou ambos). Tomar duas vezes ao dia, uma vez ao acordar e novamente por volta das 14h00/15h00.

 

Para a depressão e uma mente nebulosa

Tomar meia colher de chá de pó de cravinho da índia com uma colher de chá de pó de Brahmi e uma pitada grande de pó de gengibre. Misturar as ervas com meia chávena de água morna e tomar três vezes ao dia após as refeições.

 

Dor de cabeça ou enxaqueca

Fazer uma pasta e misturar uma colher de sopa de cravinho da índia em pó e uma colher de chá de gengibre em pó com 2 a 3 colheres de chá de óleo de rícino. Aplicar esta pasta na testa e massajar  ao redor da área afetada. Simultaneamente, tomar meia colher de chá de pó de cravinho da índia com uma colher de chá de pó de Brahmi e uma pitada grande de pó de gengibre. Misturar as ervas com meia chávena de água morna e tomar a cada duas ou três horas até que os sintomas desapareçam.

 

Contra-indicações, efeitos colaterais e precauções

Pode provocar contrações na musculatura do útero sendo, portanto, contraindicado para gestantes. O uso externo pode causar eventuais reações alérgicas em pessoas sensíveis. O óleo essencial pode causar irritação na pele.

 

O consumo do cravinho da índia deve ser moderado já que pode irritar a mucosa da boca. Deve ser usado com moderação por quem tem o estômago mais sensível. O uso medicinal do cravinho deve ser supervisionado por um médico ou terapeuta ayurvédico.

 

Artigo anterior

CE adota orientações para aquicultura sustentável na Europa

Próximo artigo

Amnistia Internacional quer que ataques de Israel a Gaza sejam investigados como crimes de guerra