Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Corrida do Pulmão quer sensibilizar para a adoção de estilos de vida saudáveis

Corrida do Pulmão quer sensibilizar para a adoção de estilos de vida saudáveis

“O mar que respiramos” é o mote para a corrida deste ano com todo o evento a ser organizado sem a utilização de plásticos descartáveis e estando planeadas ações de recolha de plástico em algumas praias. Organizada pela Sociedade Portuguesa de Pneumologia, conta nesta edição com o ultramaratonista Carlos Sá como embaixador da prova. Decorre a 15 de junho.

Pinterest Google+

Depois da edição de 2018, que contou com mais de 500 participantes, a Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) volta a organizar a Corrida do Pulmão. O Complexo Desportivo Nacional do Jamor vai receber, no dia 15 de junho, pelas 9h30, a edição deste ano que conta com Carlos Sá, o ultramaratonista que em 2013 venceu a corrida Badwater – por muitos considerada a mais dura do mundo – como embaixador da prova.

 

À semelhança da edição anterior, para além de pretender sensibilizar a população de diferentes faixas etárias para a necessidade da adoção de um estilo de vida saudável também como forma de prevenção das diferentes patologias respiratórias, há também uma vertente de responsabilidade ambiental assumida pela SPP na organização desta iniciativa.

 

VEJA TAMBÉM: SOU SEDENTÁRIO E QUERO COMEÇAR A CORRER!

 

“O mar que respiramos” é o mote para a corrida deste ano com todo o evento a ser organizado sem a utilização de plásticos descartáveis e estando planeadas – em parceria com a Quercus após a realização da corrida – ações de recolha de plástico em algumas praias.

 

«A Corrida da Pulmão é uma iniciativa que promovemos conscientes dos benefícios que o exercício físico tem na saúde em geral e também na saúde respiratória. Portugal é um dos países da União Europeia onde os portugueses fazem menos exercício físico – de acordo com o Eurobarómetro sobre desporto e atividade física, 68% dos portugueses referem que nunca fazem exercício – o que revela não estarem sensibilizados acerca dos benefícios que podem ter com esta prática enquanto um componente essencial na sua saúde», refere António Morais, presidente da Sociedade Portuguesa de Pneumologia.

 

Sem limite de idades para participação, a Corrida do Pulmão conta com o apoio da Federação Portuguesa de Atletismo através do Programa Nacional de Marcha e Corrida, do Instituto Português do Desporto e Juventude e da EPAL – Grupo Águas de Portugal e tem ainda como parceiro o projeto Loving The Planet, liderado pelo reconhecido locutor da BBC Vida Selvagem, Eduardo Rêgo. Veja o vídeo abaixo.


Artigo anterior

Acabaram-se as varandas sem graça

Próximo artigo

O pão engorda? A forma de o consumir tem influência no seu peso