Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Convento dos Capuchos: visitas noturnas com figuração fazem regressar no tempo

Convento dos Capuchos: visitas noturnas com figuração fazem regressar no tempo

Nova experiência integra programação especial comemorativa da conquista do Prémio Europa Nostra 2022.

Pinterest Google+
PUB

No dia 23 de setembro à noite, há uma oportunidade única de viajar no tempo, no Convento dos Capuchos, em Sintra. “O Convento dos Capuchos Vivo” é uma nova experiência, realizada ambiente crepuscular e noturno, durante a qual os frades que habitaram este convento ao longo de quase 300 anos parecem regressar à vida.

 

Na companhia de um guia, os participantes são convidados a percorrer os espaços do convento e a descobrir as suas vivências, caracterizadas pela introspeção e pela comunhão com a natureza, a par de uma espécie de plano paralelo em que os frades, alheios à presença dos visitantes, oram e trabalham, oferecendo um vislumbre para o passado por intermédio de figuração.

 

Nesta visita, os visitantes assistem a cenas do quotidiano que são recriadas como se fossem memórias que ficaram no lugar. No fim do percurso, um chá é o mote para um breve momento de convívio.

 

VEJA TAMBÉM: CONVENTO DOS CAPUCHOS: A ESPIRITUALIDADE INTEGRADA NA NATUREZA

 

Estas visitas, limitadas a 15 participantes por sessão, têm a duração de 1h30m, estando disponíveis 6 horários, entre as 18h00 e as 21h00. Os bilhetes são vendidos exclusivamente online no site da Parques de Sintra, ao preço de 30€ para adultos (18-64 anos) e séniores (+ 65 anos). Os jovens entre os 6 e os 17 anos pagam 10€.

 

Programação especial no Convento

nto

A nova experiência “O Convento dos Capuchos Vivo” integra a programação especial que a Parques está a promover no monumento, até dia 1 de outubro, para comemorar a recente conquista do Prémio da União Europeia para o Património Cultural / Prémio Europa Nostra 2022, que distinguiu o projeto de restauro do Convento dos Capuchos, na categoria Conservação e Reutilização Adaptativa.

 

Para além desta atividade, haverá visitas guiadas por técnicos das especialidades de engenharia e de conservação e restauro, que explicarão como se desenvolveu o premiado projeto de restauro do convento (“Do Musgo e da Cortiça – O Restauro do Convento dos Capuchos” – 23 e 30 de setembro); uma visita que percorre a preciosa mata relíquia que envolve esta casa conventual e que explica como os frades a ela recorriam para encontrar alimentos e remédios naturais (“A Floresta dos Frades” – 24 de setembro); e workshops de conceção de abrigos/“hotéis para insetos” e de criação de comedouros para aves, inspirados pelo modo de vida dos frades franciscanos, que sempre protegeram a natureza que os rodeava (“Oficinas para famílias no Convento dos Capuchos” – 1 de outubro).

 

Artigo anterior

Crumble de maçã: aprenda a fazer esta deliciosa sobremesa

Próximo artigo

Ribacôa Clássicos: conhecer o interior do país num carro clássico durante três dias