Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Convento dos Capuchos vai ter hortas biológicas cultivadas por habitantes

Convento dos Capuchos vai ter hortas biológicas cultivadas por habitantes

Iniciativa recupera tradição iniciada há 400 anos pelos frades franciscanos e fortalece o sentimento de pertença ao lugar.

Pinterest Google+
PUB

A Parques de Sintra lança um projeto inédito para a criação de hortas biológicas no Convento dos Capuchos, nos mesmos espaços que foram utilizados pelos frades franciscanos que habitaram o Convento. As candidaturas são abertas desde 16 de janeiro, para o cultivo dos terrenos que estarão a concurso.

 

O projeto visa, por um lado, resgatar a tradição iniciada no século XVI pelos frades franciscanos, que cultivavam aquelas terras para obter alimentos e remédios naturais. Por outro lado, ao dar à população local a possibilidade de ter uma horta biológica no Convento, beneficiando no seu quotidiano do melhor que a Serra de Sintra tem para oferecer. Pretende-se também fomentar junto das novas gerações o sentimento de pertença ao lugar que, ao longo dos séculos, manteve sempre uma ligação profunda à comunidade.

 

VEJA TAMBÉM: CONVENTO DOS CAPUCHOS: A ESPIRITUALIDADE INTEGRADA NA NATUREZA

 

A iniciativa está enquadrada nos objetivos de sustentabilidade que norteiam a estratégia da Parques de Sintra e tem, igualmente, uma vertente de sensibilização ambiental, em linha com a missão da empresa. Promove o modo de produção biológico, a produção integrada e a recriação do uso de práticas agrícolas tradicionais.

 

Numa primeira fase, estarão a concurso 4 talhões, sendo que o número será posteriormente alargado a um total de 25 parcelas para cultivo. As candidaturas decorrem de 16 de janeiro a 15 de fevereiro e devem ser enviadas para o e-mail hortadoscapuchos@parquesdesintra.pt. Podem candidatar-se pessoas que sejam maiores de idade, residentes no município de Sintra e que expressem a sua concordância com o regulamento do projeto.

 

As pessoas selecionadas serão informadas no período de uma semana após o fecho do prazo de candidaturas. Seguir-se-á uma formação inicial, que será aberta à participação de todos os interessados nesta temática, até um máximo de 15 pessoas, após a qual os horticultores poderão iniciar os trabalhos nas hortas que lhes forem atribuídas.

 

 

Este workshop, dividido em 4 sessões, dotará os participantes dos conhecimentos de que necessitam para se lançarem neste projeto e ajudá-los-á a delinear um plano anual para a sua horta, conciliando os seus hábitos alimentares com o conjunto de espécies que poderão ser cultivadas no espaço.

 

A Parques de Sintra garantirá o acompanhamento em todas as fases do processo, apoiando os horticultores e a assegurando que a iniciativa cumpre os seus objetivos.

 

 

 

 

Artigo anterior

Sabia que hoje é o dia mais deprimente do ano?

Próximo artigo

Produtos de consumo cada vez mais verdes