Home»FOTOS»Convento dos Capuchos abre portas à noite

Convento dos Capuchos abre portas à noite

Visitas serão acompanhadas, com lotação máxima de 15 pessoas por grupo e cerca de 1 hora de duração. Segunda edição da iniciativa celebra o aniversário da fundação do convento.

Pinterest Google+
PUB

Depois do sucesso da primeira edição, em 2021, o programa de visitas “Convento dos Capuchos à noite” está de volta durante o mês de maio, em celebração do aniversário da fundação do convento, assinalado a 3 de maio, Dia da Invenção da Santa Cruz.

 

A partir de dia 7 e em todos os sábados de maio, haverá visitas em vários horários à escolha, entre as 19h00 e as 21h30. Os grupos terão a lotação máxima de 15 pessoas e serão acompanhados por guias, que, durante cerca de uma hora, levarão os participantes à descoberta de uma casa conventual franciscana singular, no ambiente intimista proporcionado pela atmosfera crepuscular e noturna. As visitas serão conduzidas em português, com exceção do horário das 19h00, que será em inglês.

 

O percurso começa e termina junto ao portão de entrada do Convento dos Capuchos, incluindo o Terreiro das Cruzes, todo o interior do convento e o claustro; espaços desprovidos de qualquer luxo, onde os visitantes podem experienciar a extrema austeridade e a constante comunhão com a natureza que caracterizava a vida dos frades que ali procuravam a redenção espiritual.

 

VEJA TAMBÉM: CONVENTO DOS CAPUCHOS: A ESPIRITUALIDADE INTEGRADA NA NATUREZA

 

Os bilhetes para estas visitas estão disponíveis exclusivamente online no site da Parques de Sintra  ao preço de 10€ para visitante adulto e de 8,5€ para jovem e sénior.

 

O convento

De dimensões reduzidas e de extrema pobreza na sua construção, o Convento dos Capuchos é também conhecido como “Convento da Cortiça”, dado o uso extensivo da cortiça na proteção e decoração dos seus pequenos e rústicos espaços.

 

A sua arquitetura e decoração são indissociáveis da vegetação envolvente, numa integração total com a natureza, ao ponto de incorporar na própria construção do edifício enormes pedras de granito.

 

O Convento dos Capuchos, ou Convento de Santa Cruz da Serra de Sintra, foi mandado erigir por D. Álvaro de Castro, conselheiro de Estado do rei D. Sebastião, em 1560. Em 1949 o imóvel foi adquirido pelo Estado Português, tendo chegado ao final do século XX em precário estado de conservação.

 

A partir de 2000 passou à responsabilidade da empresa Parques de Sintra Monte da Lua, que tem vindo a recuperar o Convento dos Capuchos.  O local integra-se na Paisagem Cultural de Sintra, classificada pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade desde 1995. Veja imagens na galeria.

 

VEJA TAMBÉM:

UM PASSEIO POR SINTRA: O QUE NÃO PODE PERDER

À DESCOBERTA DE UMA VILA DE SINTRA DIFERENTE

À DESCOBERTA DAS ESCARPAS DE SINTRA

Artigo anterior

Um saltinho a Espanha: os sete destinos de excelência recomendados pela rede EDEN

Próximo artigo

Corrida em águas abertas está de volta a Setúbal