Home»VIDA»CASA & FAMÍLIA»Gatos são tão inteligentes como os cães, diz estudo

Gatos são tão inteligentes como os cães, diz estudo

A ideia de que os cães são mais inteligentes do que os gatos foi posta à prova por cientistas japoneses, que sugerem que os felinos também têm alguma consciência. O Dia Mundial do Gato assinala-se a 8 de agosto.

Pinterest Google+

Cientistas da Universidade de Quioto, Japão, concluíram que os gatos são tão inteligentes como os cães, depois de os felinos terem passado com a mesma distinção nos testes de memória realizados.

 

O estudo, realizado com 49 gatos domésticos, em 2017, verificou que os felinos conseguem recordar memórias de experiencias prazerosas, tais como comer o seu snack favorito. Os cães já são conhecidos por esta facilidade: a memória única de um evento específico denominada memória episódica.

 

VEJA TAMBÉM: OS 10 MANDAMENTOS DA SAÚDE ANIMAL

 

Saho Takagi, psicóloga da Universidade de Quioto, diz que os gatos, tal como os cães, usam memórias de experiencias únicas passadas, o que significa que também deverão ter memória episódica: «A memória episódica é vista como estando relacionada com a função introspetiva da mente. O nosso estudo sugere que talvez haja um certo tipo de consciência nos gatos», disse a investigadora à BBC.

 

Os humanos de forma consciente e deliberada reconstroem eventos únicos do passado, tais como o que comeram no primeiro encontro ou o que levavam vestido no primeiro dia do emprego, etc.. Estas memórias estão ligadas a vivência pessoais específicas, pelo que são únicas para essa pessoa. «Uma especulação interessante que podemos fazer é que os gatos poderão também recordar esses momentos de forma deliberada», refere a investigadora.

 

VEJA TAMBÉM: O ANIMAL IDEAL PARA CADA SIGNO

 

Os gatos foram testados quanto à sua memória para recordarem que tigela de comida já tinham comido e qual se mantinha intocável, após um intervalo de 15 minutos. O estudo aferiu que os gatos conseguiam recordar informação sobre ‘o quê’ e ‘onde’, sugerindo que têm memória episódica.

 

Os investigadores acreditam que a memória episódica deles é mais longa até do que a testada no intervalo de 15 minutos. Além disso, são tão capazes como os cães noutros testes mentais, tais como responder a gestos, expressões e emoções humanos.

Artigo anterior

Férias: o regime legal

Próximo artigo

Compreenda a linguagem do seu gato