Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Competição para construir cidades mais inteligentes e sustentáveis decorre no Porto de Leixões

Competição para construir cidades mais inteligentes e sustentáveis decorre no Porto de Leixões

Ideia vencedora do ‘Challenging Data for Sustainable Cities’ será implementada pela Câmara Municipal de Matosinhos e pelo CEiiA - Centro de Engenharia e Desenvolvimento.

Pinterest Google+
PUB

Cinco equipas finalistas do Eurekathon 2021 vão apresentar as suas ideias, para criar cidades mais inteligentes e sustentáveis, perante um júri, no próximo dia 20 de novembro, no Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões.

 

A Iniciativa, promovida pela Porto Business School, LTPlabs e NOS, contou com 90 participantes de 17 equipas, entre estudantes e profissionais de Engenharia, Ciências, Business Analytics e Data Science. As cinco equipas

 

finalistas irão disputar um lugar no pódio e prémios finais (total 3.500€). A ideia da equipa vencedora será implementada pelos parceiros sociais desta edição, a Câmara Municipal de Matosinhos e o CEiiA.

 

VEJA TAMBÉM: NOVA CAMPANHA AJUDA A PRESERVAR O LOBO IBÉRICO

 

No último fim-de-semana (12 a 14 novembro) decorreu a primeira fase da competição Eurekathon 2021, em formato virtual, e contou com participantes de vários pontos do país, sobretudo Porto e Lisboa, mas também de outros países, como o Brasil, EUA, Itália ou Bulgária.

 

Os backgrounds académicos e profissionais com maior predominância foram de Computer Science, havendo igualmente participantes de economia e engenharia informática ou até aeroespacial. A nível de faixa etária sobressaíram os jovens com menos de 25 anos (46%).

 

Micromobilidade, transportes públicos e mobilidade pedestre

Para além da competição, e dando mote e inspiração ao evento, os participantes tiveram acesso exclusivo a um conjunto de round tables e talks relacionadas com as três vertentes do desafio – micromobilidade, transportes públicos e mobilidade pedestre.

 

Para além do suporte tecnológico, garantido pela Google Cloud, parceiro estratégico da iniciativa, cada equipa contou com dois mentores para orientação e apoio na resposta ao desafio. No total, a apoiar e orientar as equipas, a organização contou com a participação de mais de 20 mentores.

 

As cinco equipas finalistas, Blind Data, Trust, Boosted Pandas, Green@CES e Urban_Geeks, terão agora a oportunidade de fazer o pitch das suas ideias e competir por um lugar no pódio, na final do dia 20 de novembro, que decorre no Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões e que será também transmitida em live stream no canal de YouTube da competição.

 

A avaliar as ideias das equipas finalistas estará um júri composto por representantes da organização e parceiros sociais: Rui Coutinho, Diretor Executivo da Porto Business School, Pedro Brandão, Diretor de Market & Customer Intelligence da NOS, Teresa Bianchi de Aguiar, Senior Manager na LTPLabs, Carlos Soares, Professor da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e diretor da Pós-Graduação em Business Intelligence and Analytics da Porto Business School, Paulo Humanes, Diretor de Mobilidade do CEiiA e Carlos Mouta, Vice Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos.

 

 

Artigo anterior

Estudo mostra que magnésio otimiza níveis de vitamina D

Próximo artigo

Festival do Cogumelo está de volta hoje ao Fundão