Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Como uma nutricionista sobrevive ao Natal? Conheça as suas receitas

Como uma nutricionista sobrevive ao Natal? Conheça as suas receitas

Um dos grandes problemas, quando nos sentamos à mesa com todas as tentações natalícias, é juntar a fome com a vontade de comer. Por isso, aqui vão algumas sugestões para aliviar a carga nesta época natalícia.

Pinterest Google+

1 – As entradinhas

Se conseguirmos optar por uma entrada saciante com baixo valor calórico, rica em fibra alimentar e água, perfeito. Estamos a começar a refeição da melhor forma, preenchendo o estômago e equilibrando o apetite.

 

Sopa detox de couve flor e canela

Ingredientes:

1 ½ couve flor grande

1 cebola grande

1 pau de canela

2 c. sopa de azeite virgem extra

Água

Sal q.b.

 

Modo de preparação:

–  Numa panela coloque a cebola laminada juntamente com o azeite e o pau de canela. Deixe cozinhar e alourar a cebola em lume médio.

–  Junte a couve flor cortada em pequeno floretes e envolva.

–  Cubra os legumes com água e deixe ferver durante 30minutos.

–  Depois de cozinhado, retire o pau de canela, triture com a varinha mágica e está pronta a servir.

Nota: pode acrescentar um pouco de canela em pó caso goste do sabor mais intenso!

 

VEJA TAMBÉM: COMO PRESERVAR A LINHA NAS FESTIVIDADES DE NATAL

 

2 – As opções saudáveis ali ao lado

Muitas vezes, a falta de opções saudáveis na mesa dos petiscos torna a escolha difícil, para não dizer impossível. Por isso, ter a certeza que há sempre algo para petiscar fresco e saboroso deve ser uma prioridade.

 

Cruidités e hummus de beterraba

Ingredientes:

Palitos de legumes (cenoura, pimentos vermelhos, verdes e amarelos, pepino, aipo, curgete, etc)
1 frasco de grão de bico (de preferência com baixo teor em sal e sem conservantes)

50ml-60ml de Tahini (pasta de sementes de sésamo)

Sumo de 1 limão

1 dente de alho

2 c. sopa de azeite virgem extra

1/2 c. de chá de sal

1/2 c. chá de cominhos em pó

2 c. sopa de água
1/2 beterraba

Fio de azeite virgem extra e paprika para decorar
Preparação:

– Coloque todos os ingredientes no robot de cozinha ou processador
– Triture até obter uma pasta cremosa e homogénea.

 

VEJA TAMBÉM: PRATOS DE NATAL: ROTEIRO GASTRONÓMICO POR PORTUGAL

 

3 – O bacalhau

A refeição principal de Natal não tem de ser necessariamente hipercalórica ou nutricionalmente desequilibrada. Se escolhermos os ingredientes certos e substituirmos os menos recomendados, podemos manter a tradição e os sabores da época sem ter de pagar uma fatura na balança.

 

Tenha a certeza que o bacalhau se encontra bem demolhado para não abusar do consumo de sódio e tenha a certeza que a adição de ingredientes como as natas lácteas gordas, as manteigas e os óleos são substituídos por quantidades moderadas de alimentos mais equilibrados do ponto de vista nutricional, como iogurte, natas de soja e azeite.

Artigo anterior

Quer ser mais paciente? Dê largas à sua imaginação, dizem os cientistas

Próximo artigo

Natal pelo mundo: histórias na primeira pessoa