Home»VIDA»CASA & FAMÍLIA»Como prevenir doenças dos animais transmissíveis aos humanos

Como prevenir doenças dos animais transmissíveis aos humanos

A falta de higienização, vacinação ou desparasitação podem ser as causas destes problemas de saúde.

Pinterest Google+
PUB

Os animais de estimação são os nossos companheiros de muitas horas. Partilhamos cama, sofá, comida, alegrias, tristezas e muitas outras eventualidades do dia-a-dia. Contudo, há outro fator comum aos animais e aos humanos, mas com um caráter menos positivo: as doenças.

 

Há certos problemas de saúde que são paralelos entre pessoas e animais, apelidados de zoonoses. Estas são doenças transmitidas dos animais, tanto domésticos como não domésticos, aos humanos.

 

São causadas por variados microorganismos, como vírus, bactérias e parasitas, e podem ser transmitidas através da pele, saliva, sangue, contacto próximo, água e alimentos contaminados. Raiva, Leishmaniose, Leptospirose, Toxoplasmose, Sarna ou Dermatofitose são algumas das zoonoses.

 

VEJA TAMBÉM: SOS PARA PERDA A MUSCULAR CANINA

 

Saiba como prevenir-se destas doenças. Estando o seu animal saudável, também estará e vice-versa.

 

Higienização

As zoonoses podem ser transmitidas através de espaços contaminados, assim como a comida e a água. Por isso, a higienização é um fator essencial para a prevenção destas doenças.

 

“É muito comum partilharmos vários momentos do dia-a-dia, como uma companhia no sofá enquanto se vê um filme, demonstrando amor e carinho pelo nosso animal. Contudo, é necessário haver cuidado, pois tal pode ser a causa das zoonoses”, afirma Marta Machado, médica veterinária e Coordenadora das clínicas Kivet.

 

Tal pode ser conseguido através da lavagem das mãos após o contacto com os animais e mantendo os espaços comuns sempre higienizados e nas condições ideais para a habitação de ambos.

 

Por outro lado, também é importante os cuidados com os alimentos e a lavagem destes, assim como a qualidade da água.

Vacinação

Uma das principais formas de prevenção para o seu animal de companhia é a vacinação. Com o boletim atualizado, é menos provável que este seja infetado por algum microorganismo.

 

“A vacinação dos nossos animais é crucial. Esta é uma das formas de prevenção mais utilizadas, aliada à desparasitação. A vacinação conseguirá protegê-los de zoonoses, como a leptospirose ou raiva”, continua a especialista.

 

Desparasitação

Grande parte das zoonoses é transmitida por insetos como pulgas, carraças, mosquitos e flebótomos. Desta forma, é crucial manter a sua casa desintetizada e os seus animais com a desparasitação em dia, evitando qualquer problema de saúde relacionado com insetos.

 

“Aliada à vacinação, a desparasitação dos nossos companheiros mostrar-se-á como uma das principais formas de combater as zoonoses. Além disso, fará com que os animais fiquem livres de parasitas”, acrescenta.

 

 

 

Artigo anterior

Sete aldeias mágicas do Yucatán

Próximo artigo

Ortorexia: a obsessão pela alimentação saudável