Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Como preservar os nutrientes dos alimentos: os truques de um nutricionista

Como preservar os nutrientes dos alimentos: os truques de um nutricionista

Sabia que alguns vegetais e legumes podem perder até 50% das suas vitaminas quando picados e cozidos? Conheça algumas dicas e técnicas para preservar os nutrientes.

Pinterest Google+

– Os legumes e tubérculos devem ser cozidos com casca, só depois de estarem cozinhados é que podem ser descascados, ou então consumidos com a própria casca.

 

– Não deite fora a água da cozedura. Pode reutiliza-la em sopas, caldos, soufflés, ou até mesmo na preparação do arroz ou na confeção de massas.

 

– Corte os legumes e os vegetais imediatamente antes de utilizá-los e em pedaços grandes.

 

VEJA TAMBÉM: COME SEM PENSAR? VEJA COMO DEIXAR DE COMER ‘INCONSCIENTEMENTE’

 

– Cozinhe os alimentos com pouca água e no menor tempo possível. Se possível opte pelo cozimento a vapor porque é mais saudável.

 

– Rasgue as folhas, como por exemplo, as de alface, ao invés de cortá-las com a faca.

 

– Inclua diariamente legumes, vegetais e frutas cruas na alimentação.

 

– Beba os sumos naturais de frutas logo após a sua preparação, desta forma evita o início de reações que podem “destruir” os nutrientes devido ao contacto com a luz e o ar.

 

VEJA TAMBÉM: ALIMENTOS AMIGOS DO ESTÔMAGO: UM GUIA SEMPRE EM DIA

 

– Se for cozinhar em água, procure cozinhar os vegetais com casca ou pelo menos em pedaços grandes. Quanto menor o tamanho, maior a perda, principalmente de vitamina A, C, E e algumas vitaminas do complexo B. É também, na pele ou na casca que estão concentradas as vitaminas e os sais minerais. Outro pormenor é colocar os vegetais só quando a água estiver a ferver para diminuir as perdas das vitaminas.

 

– Quando for fritar ou grelhar um alimento, comece por colocar a fritadeira/frigideira ou o grelhador a uma temperatura elevada. Este comportamento leva há formação de uma crosta que retém no interior do alimento os sucos nutritivos.

 

– Para cozinhar os alimentos utilize o microondas, porque além de cozinhar com pouca água, cozinham mais rapidamente, evitando as perdas nutricionais. Se não tiver este aparelho, procure cozinhar a vapor ou no sistema de papelote (cozer dentro de papel alumínio).

 

VEJA TAMBÉM: QUANDO OS ALIMENTOS SE PARECEM COM ÓRGÃOS E OS BENEFICIAM

 

– Em relação aos fritos, lembre-se que as temperaturas de fritura (que são temperaturas altas), destroem as vitaminas A, C, E e K. No caso das batatas fritas, todo as quantidades de vitamina C são perdidas.

 

– Se gosta dos vegetais bem verdinhos, não adicione bicarbonato de sódio. Realmente ficam mais verdes, mas a perda de nutrientes é muito elevada.

 

– Quando guardar leite no frigorífico, não o coloque numa garrafa de vidro transparente, porque a luz destrói a riboflavina, uma das vitaminas contidas no leite.

 

– Descongele os alimentos ou as refeições colocando-os no frigorífico. Quando os for utilizar, retire-os do congelador com uma certa antecedência.

 

– Cozinhe somente a quantidade de comida a ser consumida, assim evitam-se as sobras.

 

Artigo anterior

Solaris, em agosto nasce o maior festival de verão do Algarve

Próximo artigo

Formas de resistir à pressão diária