Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Como manter a fruta e os legumes biológicos frescos por mais tempo

Como manter a fruta e os legumes biológicos frescos por mais tempo

Saiba como separar os alimentos que emitem naturalmente etileno dos outros aos quais esse gás, inofensivo e inodoro, é prejudicial.

Pinterest Google+

Se é do senso comum que devemos consumir os produtos da época, por vezes também nos questionamos como devemos conservar esses alimentos para os manter por mais tempo, de modo a reduzir os desperdícios, os custos económicos e ambientais, aumentando o tempo de vida dos alimentos.

 

Alguns legumes e frutas durante o seu processo de amadurecimento emitem naturalmente um gás inofensivo e inodoro que é o etileno. Este gás leva a que outros frutos e legumes sensíveis ao mesmo e que se encontram perto amadureçam mais depressa. Assim a primeira dica é separar os alimentos que produzem este gás dos alimentos mais sensíveis ao mesmo. De seguida são apresentados alguns dos alimentos que são produtores de gás etileno e alguns dos alimentos mais sensíveis ao gás etileno.

 

Veja também: Aprenda a identificar os aditivos alimentares

 

Produtores de gás etileno: damascos, abacates, bananas, melão, kiwi, manga, nectarina, mamão, pêssegos, peras, tomates.

 

Sensíveis ao gás etileno: espargos, brócolos, cenoura, pepino, beringela, alface e outras verduras, ervilhas, batatas, abóbora.

 

Como geralmente o espaço de conservação é limitado, uma forma de manter os alimentos separados será através da utilização de pelicula aderente, sacos, caixas herméticas e caixas de vácuo.

 

Frutos como a maçã, frutas cítricas, melão, pêssegos, pêras devem ser armazenados num local fresco e seco com bom fluxo de ar. Os morangos por exemplo devem ser guardados no frio, mas atenção à humidade que acelera o seu envelhecimento.

 

Veja também: Alimentos que fortalecem o sistema imunitário

 

No caso dos vegetais, como por exemplo tomates, cebolas, alhos, cebolinhas, pimentos, pimentas, batatas, estes devem ser conservados em local fresco, seco, escuro e arejado.

 

As plantas aromáticas devem ser armazenadas no frio dentro de um copo de água e envolvidas com um saco. Está será uma forma de conservação, mas com caixas de vácuo também funciona muito bem.

 

Estas são algumas dicas de conservação de frutos e legumes frescos biológicos da época. Existem também outras formas de conservação: preparando os alimentos, a fermentação, congelação, entre outras, mas mais tarde falaremos disso noutro texto.

Artigo anterior

Dieta crua é mais saudável?

Próximo artigo

Tapetes de cortiça: uma inovação portuguesa com certeza