Home»GLAMOUR»BELEZA»Como eliminar o músculo do adeus?

Como eliminar o músculo do adeus?

A braquiplastia é a cirurgia ideal para este problema onde remodelamos e redefinimos os braços removendo a pele e gordura em excesso e voltando a dar um aspeto mais equilibrado aos braços.

Pinterest Google+

O “músculo do adeus” é uma expressão utilizada quando nos referimos ao facto de levantarmos o braço e, com o movimento de fazer “adeus”, a parte posterior do braço acaba por abanar mais do que devia.

 

E é um problema que afeta tanto homens como mulheres, apesar de incidir mais no público feminino. O avançar da idade, a genética ou uma perda de peso significativa podem levar a que o braço acabe por ficar mais flácido com a existência de gordura. No caso concreto da perda de peso, a pele nem sempre acompanha o processo, pelo que nestas situações acabamos por verificar uma maior quantidade de flacidez e pele em excesso.

 

A braquiplastia é a cirurgia ideal para este problema onde remodelamos e redefinimos os braços removendo a pele e gordura em excesso e voltando a dar um aspeto mais equilibrado aos braços.

 

É importante perceber que na maior parte das vezes não se trata apenas de uma questão genética e sim de uma questão necessária visto que acabar por afetar o dia-a-dia de quem tem este problema. A fricção da pele ao roçar frequentemente na zona do tronco, o peso e o suor tornam a situação bastante mais incomodativa e por vezes até insuportável. Nestes casos, é necessário restituir a funcionalidade prática dos braços facilitando não só a rotina destas pessoas como também o seu trabalho e até a prática de atividade física.

 

Sobre a braquiplastia, embora dependa do caso concreto, habitualmente tem uma duração de 2 horas sob anestesia local com sedação. É aconselhado o internamento por um dia embora a braquiplastia possa ser realizada em ambulatório.

 

Quanto ao pós-operatório, é essencial a utilização de mangas de compressão que vão ajudar os tecidos a permanecerem no sítio certo alcançando o melhor resultado possível. As cicatrizes localizam-se na região posterior do braço e irão desvanecendo ao longo do tempo após esta cirurgia de contorno.

 

De ressalvar que nas primeiras semanas a mobilidade dos braços do paciente está reduzida, pelo que precisará de apoio neste pós-operatório. O regresso ao trabalho será entre 1 e 2 semanas e a atividade física ao fim de 4 a 6 semanas.

 

Como sempre, sugiro a procura de um profissional de saúde certificado pela Ordem dos Médicos e ainda uma consulta de avaliação para se perceber se efetivamente é a melhor solução para o seu caso específico. Pesquise e informe-se o melhor possível tanto sobre os procedimentos como sobre o profissional de saúde que selecionar.

 

Artigo anterior

Pontos a não esquecer numa entrevista de emprego

Próximo artigo

Melatonina: a hormona necessária para um sono tranquilo