Home»VIDA»CASA & FAMÍLIA»Como cuidar dos dentes das crianças?

Como cuidar dos dentes das crianças?

Como é desde pequenino que os bons hábitos se começam a criar, conheça as respostas às dúvidas mais frequentes sobre a saúde oral dos mais pequenos, segundo a Ordem dos Médicos Dentistas.

Pinterest Google+

COMO DEVE SER EFECTUADA A ESCOVAGEM DENTÁRIA NAS CRIANÇAS?
As características da escovagem numa criança estão dependentes de vários fatores, mas essencialmente da idade da mesma. Assim, de acordo com as normas da Direção Geral da Saúde:
–    0-3 Anos: escovagem realizada pelos pais a partir da erupção do primeiro dente, 2x/dia (uma obrigatoriamente ao deitar), utilizando uma gaze, dedeira ou escova macia de tamanho     adequado.
–     3-6 Anos: escovagem realizada progressivamente pela criança, devidamente supervisionada e auxiliada, 2x/dia (uma das quais obrigatoriamente ao deitar), utilizando escova macia de tamanho     adequado. A quantidade de dentífrico fluoretado (1000-1500 ppm) deverá ser semelhante ao tamanho da unha do 5º dedo da criança.
–    >6 Anos: escovagem realizada pela criança, devidamente  supervisionada e auxiliada caso não possua destreza manual suficiente, 2x/dia (uma das quais obrigatoriamente ao deitar), utilizando escova macia (ou em alternativa média). A quantidade de dentífrico fluoretado (1000-1500 ppm) deverá ser do tamanho de uma pequena ervilha ou até 1cm de dentífrico.

VEJA TAMBÉM: A POSTURA SMS E OS EFEITOS NA COLUNA (SEGUNDO UMA OSTEOPATA)


 
AS CRIANÇAS PODEM USAR FIO DENTÁRIO?
A utilização do fio/ fita dentária coadjuva a higienização dos espaços interdentários e deve ser iniciada logo que possível, acreditando-se que por volta dos 8-10 anos a criança começa a ter a destreza manual e autonomia necessárias.
 
QUANDO DEVE CESSAR O USO DA CHUPETA, BIBERÃO OU SUCÇÃO DIGITAL?
Os hábitos de sucção não nutritiva (chupeta, por ex.) devem ser abandonados até cerca dos 3 anos de idade, atendendo à possibilidade de autocorreção de desarmonias no desenvolvimento das arcadas dentárias. Relativamente ao biberão, o hábito deve ser abandonado, idealmente, quando a criança completar 1 ano.

Fonte: OMD

Artigo anterior

Aprenda a identificar os aditivos alimentares

Próximo artigo

Mudar de nome após o casamento: história e exemplos