Home»LAZER»DICAS & VIAGENS»Europa com crescimento sólido no turismo em 2017

Europa com crescimento sólido no turismo em 2017

A área do turismo permanece forte na Europa. Em 2016, 615 milhões de turistas internacionais visitaram o continente europeu, um aumento moderado de 2% em relação a 2015. Portugal encontra-se entre os que mais crescem, segundo os últimos dados da Comissão Europeia de Viagens.

Pinterest Google+
PUB

De acordo com o último relatório da Comissão Europeia do Viagens (ETC), ‘Turismo Europeu – Tendências e Perspetivas’, quase um em cada dois destinos europeus obteve um crescimento de dois dígitos nas visitas de turistas durante os primeiros meses de 2017.

 

O turismo parece não ter sido afetado pelos acontecimentos trágicos mais recentes em Londres, Paris e Estocolmo. Ainda assim, a perceção de segurança continua a ter grande importância no crescimento do número de turistas. Na Islândia, verificou-se um crescimento mais significativo (+54%) suportado pelo aumento das rotas transatlânticas. Por outro lado, Chipre (+ 26%), Portugal (+ 25%) e Malta (+ 23%) apresentaram valores de sucesso, apesar da sazonalidade.

 

Veja também: Ideias para as próximas férias a dois

 

Entre os destinos que se destacam, estão também a Bulgária (+ 19%), Finlândia (+ 18%) e Estónia (+ 13%), que parecem não ter sido afetados por preocupações de segurança que existem noutros destinos europeus. Suíça (+ 3%) conseguiu alterar a tendência negativa aproveitando a sua posição para se afirmar como um destino de inverno, já a Turquia (-8%) continuou a tendência de queda que começou em 2015.

 

«Nos momentos em que a quota de mercado na Europa sofre declínio e aumenta a concorrência, os líderes europeus devem cooperar para formular coletivamente políticas e ações apropriadas para reforçar a imagem da Europa como destino turístico», afirma Eduardo Santander, diretor-executivo da Comissão Europeia de Viagens, num comunicado à imprensa.

 

Veja também: Factos engraçados (e desconhecidos) sobre a Europa

 

A maioria dos destinos observou um crescimento significativo a partir dos principais mercados emissores europeus – Alemanha e França – impulsionados pela contínua recuperação da zona euro. Apesar da incerteza sobre as possíveis implicações da saída do Reino Unido da União Europeia, a chegada de turistas a este mercado continuam sólida.

 

De um modo geral, as expetativas de crescimentos permanecem elevados em 2017, face aos valores de 2016 e aos primeiros meses do atual ano. Espera-se que as condições económicas favoráveis e o dólar forte contra as moedas europeias atraiam mais turistas americanos para a Europa. Aceda ao relatório aqui.

Artigo anterior

Conheça a nova Casa da História Europeia

Próximo artigo

Alegro Alfragide passa a deixar entrar cães