Home»LAZER»DICAS & VIAGENS»Comer nu: uma nova tendência?

Comer nu: uma nova tendência?

Os restaurantes para nudistas estão cada vez mais em voga. O último abriu em Tenerife, no passado mês de janeiro. Mas o grande buzz foi gerado pelo Bunyadi, em Londres, que para a sua abertura no verão do ano passado registou uma lista de espera de 46 mil pessoas. Falámos com os dois.

Pinterest Google+

Chama-se Innato, está localizado em Tenerife e promove-se como sendo o primeiro restaurante em Espanha onde é possível comer totalmente nu. O seu proprietário, Tony De Leonardis, há muito ligado ao ramo da hotelaria, diz que o feedback tem sido muito positivo. Tanto que já está a planear acrescentar um parque para naturistas sem luz elétrica ainda antes do verão.

 

Mas… e come-se mesmo todo nu? Basicamente. No caso do Innato,  De Leonardis explica que os clientes usam um roupão, que poderão tirar se assim se sentirem confortáveis.   Já os funcionários estão vestidos como antigos romanos e a sala de jantar é apenas iluminada por velas para criar um ambiente mais intimista.

 

«As regras são as mesmas que as de qualquer restaurante. O naturismo não tem nada de errado e a confidencialidade que se possa questionar é exatamente igual à de qualquer outro restaurante», explica De Leonardis.

 

Veja também: Marque férias para um dos destinos tendência de 2017

 

Os clientes são sobretudo turistas que se sentem muito desinibidos em férias noutro país, mas também recebem a visita de locais. E, apesar de ser ainda recente, uma vez que abriu em janeiro de 2017, o empresário de 50 anos diz que por lá já passaram vários casais portugueses.

 

Quanto ao menu, no Innato serve-se comida biológica confecionada em forno de lenha. Mas, para lá ir, terá de superar primeiro o sentimento de vergonha que possa existir inicialmente e depois abrir os cordões à bolsa, pois cada menu para o casal custa entre 75 e 150 euros, com tudo incluído.

 

Conheça o Bunyadi, em Londres, na próxima página

Artigo anterior

Os jovens preferem peças sem logótipo

Próximo artigo

11 Howard: conheça o vencedor da ‘hot list’ dos novos melhores hotéis do mundo