Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Com açúcar a mais, as folhas também engordam

Com açúcar a mais, as folhas também engordam

A descoberta não só cimenta que o açúcar a mais interfere em qualquer organismo, como também traz uma nova possibilidade sustentável: folhas ‘mais gordas’ poderão produzir mais biocombustíveis úteis à humanidade.

Pinterest Google+
PUB

Comer demasiado sem fazer exercício resulta invariavelmente nuns quilos a mais nos humanos e noutros animais. Mas não só. O açúcar em excesso também faz as folhas engordar, segundo um novo estudo realizado pelo Laboratório Nacional Brookhaven do Departamento de Energia dos EUA.

 

A descoberta cimenta que o açúcar interfere em qualquer organismo. Porém, nas plantas, esta acumulação extra de gordura pode ser uma coisa boa, pois poderá ajudar a transformar plantas em ‘fábricas’ para fazer biocombustíveis e outros produtos naturais úteis, revela o laboratório em comunicado.

 

Mas não se pode simplesmente alimentar as plantas com bolachas e donuts para conseguir obter mais óleo. «As plantas fazem a sua própria comida», explica John Shanklin, bioquímico que liderou a pesquisa. «Eles convertem a luz solar, a água e o dióxido de carbono em açúcares através da fotossíntese, e esses açúcares geralmente são transportados para fora das folhas para outras partes da planta e convertidos em outros compostos que as plantas precisam para o crescimento e o desenvolvimento. Os óleos tendem a não se acumular em níveis elevados, exceto em algumas sementes».

 

Veja também: 15 plantas que vão melhorar a sua vida

 

Para atingir o equilíbrio – o que seria mais abundante e acessível do que as sementes para a produção de produtos biológicos – os cientistas precisavam de um conhecimento detalhado dos processos bioquímicos que conduzem as vias metabólicas e os genes que os controlam. Conforme descrito num artigo publicado na revista’ Plant Physiology’, a equipa de Brookhaven criou seletivamente plantas para combinar uma série de características que bloquearam algumas das vias de transporte e conversão de açúcar, o que resultou em aumento da produção e acumulação de óleos.

 

Os cientistas suspeitavam que manter mais açúcar nas folhas aumentaria a produção de óleo nos tecidos. Para os investigadores, estas descobertas podem dar informações sobre a melhor forma de ajudar a área de biotecnologia a otimizar a acumulação de óleo em plantas economicamente importantes.

 

 

Artigo anterior

Os melhores países para conhecer com o seu companheiro de quatro patas

Próximo artigo

Os abdominais definem-se à mesa!