Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Colocada vedação em estrada na zona de Mértola para proteção do lince ibérico

Colocada vedação em estrada na zona de Mértola para proteção do lince ibérico

Na EN122, um troço com cerca de 1,3 quilómetros foi vedado para impedir a chegada deste felino protegido à estrada, numa zona de elevada mortalidade do lince ibérico.

Pinterest Google+
PUB

No seguimento de outras medidas já implementadas de proteção do Lince Ibérico, no âmbito do projeto LIFE IBERLINCE, foi concluída a empreitada de colocação de uma rede de vedação na EN122, num troço com cerca de 1,3 quilómetros, localizado no concelho de Mértola pela Infraestruturas de Portugal (IP). O investimento associado foi de cerca de 50 mil euros, suportado pelo orçamento da IP, informa o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

 

A colocação da vedação, entre os quilómetros 43,300 e 44,600, foi realizada neste troço específico por se tratar de uma zona de elevada mortalidade de lince ibérico, visando garantir, simultaneamente, a melhoria das condições de circulação e de segurança dos utilizadores da via. A vedação impede que os animais consigam trepar, sendo complementada por uma rede adicional de reforço que dificulta a passagem dos animais pela zona inferior.

 

VEJA TAMBÉM: MÉRTOLA INAUGURA CENTRO DE INTERPRETAÇÃO E OBSERVATÓRIO DO LINCE-IBÉRICO

 

Trata-se de uma medida complementar às já implementadas no passado, com enfoque no controlo da vegetação nas bermas, na colocação de painéis de controlo de velocidade, de sinalização específica alertando para a presença do lince ibérico, de bandas sonoras e de adaptação de passagens hidráulicas a passagens para a fauna, informa o ICNF.

 

Este projeto terá continuidade no LIFE LYNXCONNECT, iniciado em setembro de 2020, e que decorrerá até 2025, no qual a Infraestruturas de Portugal participa em parceria com diversas organizações de Espanha, e a Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL), com o ICNF.

 

Artigo anterior

Portugal quer desbloquear quotas de género nos conselhos de administração

Próximo artigo

Oito alimentos que podem ser guardados durante anos