Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Colmel volta a destacar a importância da apicultura em Portugal

Colmel volta a destacar a importância da apicultura em Portugal

De entrada livre, a edição de 2019 da feira de apicultura quer mostrar a importância desta atividade transversal ao país, alertar para as ameaças ao setor e ressaltar os benefícios dos seus produtos para a sociedade.

Pinterest Google+

Leiria volta a receber mais uma edição da Colmel – Feira de Apicultura, uma das feiras apícolas portuguesas mais dedicadas e animadas quer para o público quer para os apicultores vindos de todo o país que por lá aproveitam para se reunir e partilhar experiências e conhecimento. O encontro decorre a 24 de março, no Pavilhão Gimnodesportivo de Colmeias, em Leiria.

 

«Numa altura em que a importância da apicultura é cada vez mais reconhecida dentro e além-fronteiras e em que os benefícios da apicultura e dos seus produtos têm vindo a ser cada vez mais destacados e descobertos pela sociedade civil, os apicultores portugueses voltam a dar mostras da sua força e do seu engenho projetando os frutos da sua atividade diária para novos mercados, novos consumidores, novos parceiros e novas abordagens», revela a organização em comunicado.

 

VEJA TAMBÉM: A FORÇA DO MEL E DA CANELA JUNTOS: FACTO OU FICÇÃO?

 

Nesta quarta edição, a COLMEL cimenta-se e impõe-se entre alterações climáticas, incêndios, poluição e produção intensivas e a emergência de novas ameaças como a vespa velutina e a contrafação e imitação de produtos tão importantes e ancestrais como o mel, a geleia real, o pólen, a própolis e o veneno de abelha.

 

A feira convoca todas as autoridades, agentes económicos, poder local e organismos de âmbito nacional para que conheçam as limitações e a realidade da apicultura em Portugal no século XXI e «contribuam para a modernização e avanço de um setor importante e transversal em toda a Europa». A entrada é livre.

 

Artigo anterior

Porque aumenta o sexo com a chegada da primavera?

Próximo artigo

Stress e ansiedade: como não fazer as escolhas alimentares erradas