Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Clima, cancro, oceanos, cidades e solos: as cinco missões europeias para enfrentar os desafios do mundo

Clima, cancro, oceanos, cidades e solos: as cinco missões europeias para enfrentar os desafios do mundo

Num dos mais ambiciosos desafios até à data, a União Europeia propõe-se resolver, até 2030, questões abrangentes e globais através de missões dedicadas a cinco áreas críticas da atualidade.

Pinterest Google+
PUB

A Comissão Europeia lançou  as cinco novas missões da UE, uma forma inédita de trabalhar em conjunto e melhorar a vida das pessoas dentro e fora da Europa. As missões da UE visam dar resposta aos grandes desafios em matéria de saúde, clima e ambiente e alcançar objetivos ambiciosos e inspiradores nestes domínios.

 

Uma novidade do Horizonte Europa e também um conceito original na política da UE, que reúne vários serviços da Comissão sob a autoridade de nove membros do Colégio, as missões apoiarão a investigação para concretizar as principais prioridades da Comissão e encontrar respostas para alguns dos maiores desafios que enfrentamos atualmente: lutar contra o cancro, adaptar-se às alterações climáticas, proteger os oceanos, os mares e as águas, viver em cidades mais ecológicas e garantir solos e alimentos saudáveis.

 

VEJA TAMBÉM: PLANETA PERDEU 14% DOS CORAIS DESDE 2009 DEVIDO AO AUMENTO DA TEMPERATURA DO MAR

 

Trata-se de um novo instrumento que inclui um conjunto de ações como projetos de investigação e inovação, medidas políticas e iniciativas legislativas para alcançar objetivos concretos com um grande impacto social e dentro de um calendário definido.

 

As cinco missões pretendem encontrar soluções para os principais desafios globais até 2030:

  • Adaptação às Alterações Climáticas: apoiar pelo menos 150 regiões e comunidades europeias a tornarem-se resilientes às alterações climáticas até 2030;
  • Cancro: trabalhar com o Plano Europeu de Luta contra o Cancro para melhorar a vida de mais de três milhões de pessoas até 2030, através da prevenção, cura e soluções para viver mais e melhor;
  • Reabilitar os nossos oceanos e águas até 2030;
  • 100 cidades com impacto neutro e inteligentes até 2030;
  • Pacto Europeu para os Solos: 100 laboratórios vivos e faróis para liderar a transição para solos saudáveis até 2030.

 

Mariya Gabriel, comissária da Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, declarou: «A resposta à pandemia de coronavírus demonstrou que só podemos resolver os nossos maiores problemas com um esforço coletivo enraizado na investigação e inovação. Este é também o ponto de partida das missões audazes e ambiciosas da UE. Estas missões vão mobilizar o enorme potencial da UE e dos instrumentos e políticas para alcançar objetivos significativos. Tudo isto em conjunto com os cidadãos, que estão envolvidos do início ao fim».

 

Com a Comunicação sobre as missões da UE adotada a 29 de setembro, a Comissão dá luz verde ao seu lançamento, após a aprovação dos respetivos planos individuais neste verão.

 

Missões no Horizonte Europa

As missões são uma nova abordagem colaborativa para encontrar respostas para alguns dos maiores desafios do nosso tempo. Englobam um mandato para atingir objetivos específicos num determinado calendário. Terão igualmente impacto dando um novo papel à investigação e inovação, combinado com novas formas de governação e colaboração, bem como com uma nova forma de participação dos cidadãos, incluindo dos jovens.

 

Por exemplo, a Missão Adaptação às Alterações Climáticas prevê disponibilizar 100 milhões de EUR para demonstrações em larga escala destinadas a fazer face a riscos climáticos graves, como inundações, que serão adaptadas às circunstâncias locais.

 

A Missão contra o Cancro planeia estabelecer um novo modelo de governação conjunta para assegurar uma integração sistemática e eficaz da investigação, da inovação e da evolução das políticas em matéria de luta contra o cancro na Europa.

 

A missão «Oceanos e Águas criará uma rede de faróis no mar e nas bacias hidrográficas para executar a missão e expandir as redes de zonas marinhas protegidas.

 

No contexto da Missão Cidades Inteligentes e com Impacto Neutro, cidades selecionadas envolverão os seus cidadãos na elaboração dos «Contratos de Cidade do Clima» para ajudar a alcançar a neutralidade climática até 2030.

 

Além disso, com a Missão Pacto Europeu para os Solos, as pessoas serão incentivadas a participar em iniciativas de ciência cidadã destinadas a melhorar coletivamente a saúde dos solos.

 

As missões da UE ligam-se diretamente aos cidadãos, implicando-os na sua conceção, execução e acompanhamento. Os Estados-Membros, as regiões e um vasto leque de partes interessadas dos setores público e privado serão envolvidos a fim de ajudar a garantir resultados duradouros para todos os cidadãos da UE.

 

As missões contribuem para as prioridades políticas da Comissão, tais como o Pacto Ecológico EuropeuUma Europa Preparada para a Era Digital, o Plano Europeu de Luta contra o CancroUma Economia ao serviço das Pessoas e o novo Bauhaus europeu.

 

Artigo anterior

Mês Rosa: saiba realizar o autoexame da mama

Próximo artigo

Novo livro de receitas ajuda a cozinhar com os alimentos da estação