Home»GLAMOUR»BELEZA»Cinco químicos que deve evitar em desodorizantes

Cinco químicos que deve evitar em desodorizantes

O desodorizante é um produto que faz parte da higiene pessoal da grande maioria das pessoas. Já alguma vez reparou na sua composição e pensou como os ingredientes podem ser tóxicos para a sua saúde? Aprenda a escolhar o melhor produto para si.

Pinterest Google+

Ninguém se sujeita a ingerir uma colher de ingredientes de cosméticos tóxicos, mas quando se trata de colocá-los em contacto com a pele já não há essa preocupação. Porém, tudo aquilo que se coloca em contacto com a pele corre o risco de entrar na corrente sanguínea sem ser metabolizado.

 

Heather Paisaul, professora de biologia na Universidade do Estado da Carolina do Norte, EUA, ocupa grande parte do seu tempo a estudar os potenciais químicos que podem mexer com a função das hormonas reprodutivas e do desenvolvimento do corpo humano. Paisaul chegou à conclusão que muitas das substâncias vulgarmente incluídas em produtos como desodorizantes podem, na verdade, penetrar na epiderme e entrar dentro do organismo.

 

Alguns compostos utilizados nos desodorizantes são absorvidos e armazenados em células de gordura que são predominantes na área das axilas. O tecido das axilas também contém recetores hormonais, o que pode provocar reação a alguns desses ingredientes. Por todas estas razões, os especialistas da área estão preocupados com certos compostos dos desodorizantes que podem causar ou contribuir para problemas de desenvolvimento ou de reprodução.

 

Existe um top de cinco ingredientes incluídos na composição dos desodorizantes que mais preocupam os estudiosos destas matérias. Entre eles estão os parabenos, utilizados como conservantes em vários produtos de higiene pessoal. A pesquisa sugere que alguns parabenos podem interferir na forma como o corpo produz e regula o estrogénio e outras hormonas. Segundo Patisaul disse à ‘Time’, «podem promover o crescimento de células cancerígenas», tanto nos homens como nas mulheres.

 

De acordo com a pesquisa de Philippa Darbre, oncologista na ‘University of Reading’, Inglaterra, outro composto, o alumínio, pode causar instabilidade genética no tecido mamário e promover o crescimento de tumores ou de células cancerígenas. «Mais de 50% dos cancros de mama começam no quadrante superior externo da mama para a região das axilas», elucida Darbre à ‘Times’. Ainda assim, não há uma ligação clara ou direta entre o alumínio e o cancro.

 

O triclosan é uma outra substância que preocupa os especialistas. Muitos fabricantes adicionam este produto químico a fim de evitar a contaminação bacteriana e para matar as bactérias na superfície da pele como, por exemplo, nos produtos anti-acne, alguns desodorizantes e sabonetes desinfetantes.

 

Alguns estudos com animais têm ligado triclosan à atividade hormonal incomum.”Há evidências em anfíbios e peixes que o triclosan prejudica a função da tiroide, que é crucial para o desenvolvimento do cérebro”, acrescenta acrescenta Patisaul em declarações à ‘Times’.

 

Os ftalatos ajudam o desodorizante e outros cosméticos a ‘colarem’ à sua pele. «A maior preocupação quando se trata de ftalatos é que eles podem prejudicar a capacidade reprodutiva dos homem ou podem afetar o desenvolvimento do feto em mulheres grávidas. Este químico encontra-se presente em qualquer produto com fragrância: champô, gel de banho, laca, etc.

 

Por fim, a fragrância é um dos químicos preocupantes. Quase todos os produtos perfumados têm ‘fragrância’ ou ‘perfume’ listado entre os ingredientes e é impossível saber exatamente que produtos químicos são ocultados por esses termos aparentemente benignos, porque os perfumes estão protegidos sob a lei do comércio. «Podem ser ftalatos ou substâncias que causam alergias ou irritação da pele», supõe Patisaul.

 

Se este é um tema que também a/o preocupa, pode sempre optar por utilizar produtos naturais e livres de fragrâncias. Verifique sempre o rótulo e tenha especial atenção à lista de ingredientes para se certificar de que alguns ou nenhum destes químicos estão incluídos.

 

 

Artigo anterior

Dietas baixas em hidratos de carbono fazem queimar mais calorias

Próximo artigo

O ginecologista explica: Conselhos práticos sobre higiene genital feminina