Home»LAZER»DICAS & VIAGENS»Cinco maratonas singulares por paisagens deslumbrantes

Cinco maratonas singulares por paisagens deslumbrantes

Correr está na moda e 44% dos portugueses prefere fazê-lo em parques e locais ao ar livre, de acordo dados da Direção-Geral da Saúde. E se quer aliar uma boa corrida a uma viagem inesquecível, conheça a seleção de maratonas que a plataforma de viagens momondo reuniu e que vão decorrer nos próximos meses. Para depois do esforço recuperar o fôlego com paisagens verdadeiramente deslumbrantes.

Pinterest Google+

Desfiladeiro do Antílope, Arizona
A Antelope Canyon Ultra Marathon, sendo uma ultramaratona, foi pensada para maratonistas bem preparados, dispostos a ultrapassar todos os seus limites ao longo de cerca de 85km. Realizada no Desfiladeiro do Antílope, em Arizona, a 9 de março de 2019, revela paisagens de cortar a respiração aos participantes, levando-os a passar por dois conhecidos marcos naturais, o Antelope Canyon e o Horseshoe Bend, no Rio do Colorado.

Para aproveitar a viagem a 100%, poderá visitar Phoenix, a aproximadamente 4 horas de carro, e observar os vestígios da cultura nativo-americana, nas ruínas do Pueblo de Wupatki, descobrir a Nação Navajo e fotografar o grandioso Monument Valley. Veja imagens na galeria acima.

 

Montes Ellsworth, Antártica
Rumo aos Montes Ellsworth, na Antártica, encontra a maratona que se realiza mais a sul do planeta e, certamente, uma das mais frias de sempre. Apesar de acontecer durante o verão antártico, no dia 13 de dezembro, as temperaturas chegam a rondar os -20ºC, recomendando-se o uso de três camadas de roupa que aqueçam e possibilitem o movimento, simultaneamente.

Para participar, terá de comprometer-se com o itinerário de quatro dias, começando com um voo de Punta Arenas, no Chile, no dia antes da corrida. A cerca de 700m acima do nível do mar, a paisagem natural espera-se inesquecível, em tons de azul e branco, e promete momentos de verdadeira contemplação. Veja imagens na galeria acima.

 

VEJA TAMBÉM: ÍLHAVO: PROVE A GASTRONOMIA QUE SE FAZ A BORDO DOS BACALHOEIROS

 

Muralha da China, China
Na grande Muralha da China realiza-se, a 18 de maio de 2019, a Great Wall Marathon, uma maratona exigente que o desafia a descer e subir 5.164 degraus, enquanto contempla paisagens incríveis, por diversas regiões chinesas. Terá a oportunidade de correr 42.195km ao redor de muralhas, montanhas e rios, e de ser parabenizado, no final da prova, com o sorriso e aplauso dos habitantes das aldeias que atravessar.

Com o objetivo de chegar a todos e proporcionar a experiência aos menos aventureiros ou preparados, a organização preparou duas corridas de menor curso, com 21.1km e 8.5km, por isso, não há desculpas. Para se inspirar para a corrida ou celebrar a sua finalização, aproveite para visitar Pequim, a 3 horas de distância. Passeie pelos movimentados hutongs, os bairros típicos da capital, espreite a Cidade Proibida e descubra os inúmeros encantos dos parques da cidade. Veja imagens na galeria acima.

 

VEJA TAMBÉM: OS MELHORES MERCADOS DE RUA DO MUNDO

 

Santiago, Chile
Dia 7 de abril de 2019, todos os caminhos vão dar a Santiago, no Chile. A Maratón de Santiago possibilita-lhe correr pelas charmosas ruas da capital chilena, durante 42.195km ou 21.098km, conhecer a sua cultura e ver alguns dos encantos da cidade.

Se tiver a oportunidade, fique em Santiago mais alguns dias e aproveite para provar as iguarias locais, passear pelas zonas vinícolas e explorar o centro histórico – há inúmeras praças, museus e mercados nos quais poderá carregar baterias, depois de participar na rigorosa maratona. Veja imagens na galeria acima.

 

Savana Africana, África do Sul
No caso de já ter sonhado em correr ‘ao lado’ de uma zebra, de um elefante ou de uma girafa, a Big Five Marathon, que acontece a 22 de junho de 2019, na Savana Africana, é a experiência perfeita para si. Podendo optar pela maratona clássica ou pela meia maratona, correrá pela Reserva Entabeni, perto de Joanesburgo, desfrutando do pano de fundo de planícies intermináveis em tons de verde e amarelo.

No entanto, apesar das paisagens serem deslumbrantes e o ambiente ser de calma e descanso, desengane-se se acredita que a prova é fácil – a superfície é irregular, com pedras e buracos, muitas vezes acentuada, e o clima é seco. Veja imagens na galeria acima.

 

Artigo anterior

Não é só o leite. Conheça os alimentos mais ricos em cálcio

Próximo artigo

Projeto pioneiro apoia empreendedores na área de ourivesaria em Gondomar