Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Chegou o selo ‘Boa Escolha em Qualidade Nutricional’

Chegou o selo ‘Boa Escolha em Qualidade Nutricional’

São alvo de avaliação os produtos alimentares direcionados para a promoção da saúde dos consumidores, pelo que produtos como refrigerantes, álcool e outros similares estão fora desta categorização. A divulgação dos produtos certificados como Boa Escolha será feita na primeira semana de janeiro.

Pinterest Google+

A ConsumerChoice, Centro de Avaliação da Satisfação do Consumidor, apresenta uma nova marca que avalia e reconhece a qualidade nutricional dos produtos alimentares que apresentem benefícios para a saúde. É o novo selo ‘Boa Escolha em Qualidade Nutricional’.

 

No nosso dia-a-dia, uma “Boa Escolha” passa pela seleção de um produto composto por ingredientes saudáveis e naturais em que os valores de proteína, gordura, hidratos de carbono, vitaminas e sais minerais estão dentro dos parâmetros estabelecidos para o grupo alimentar a que pertence.

 

VEJA TAMBÉM: SUPERALIMENTOS DE OUTONO: O QUE NÃO PODE FALTAR NA SUA MESA

 

As estatísticas de saúde em Portugal indicam que 34% dos lares tem pelo menos uma pessoa obesa e 74% dos lares reporta pelo menos uma doença associada com alimentação. Com os olhos postos nestes dados, os alimentos funcionais entraram pelas nossas casas dentro com uma alegação de benefícios para a saúde e bem-estar, para além da sua função nutricional básica.  A verdade é que este mercado carece de uma identificação clara dos verdadeiros alimentos funcionais em relação aos que se suportam apenas numa mensagem, carece de um método de diferenciação que lhes atribuam a Autoridade Comprovada. É neste contexto que nasce o selo ‘Boa Escolha em Qualidade Nutricional’, garantindo aos consumidores os conceitos de saúde e bem-estar, continuando a desfrutar do prazer da comida.

 

O processo de avaliação consiste na avaliação do equilibro nutricional dos produtos, após inscrição das marcas numa plataforma com a informação necessária. São alvo do projeto produtos alimentares com uma especial preocupação com a saúde dos consumidores, pelo que produtos como refrigerantes, álcool e outros similares estão fora desta avaliação.

 

VEJA TAMBÉM: ORTOREXIA: A OBSESSÃO PELA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

 

Depois da inscrição, um grupo de nutricionistas define e valida o peso de cada nutriente para cada categoria, estipulando o que é correto para considerar um alimento como nutricionalmente equilibrado. Caso o produto alimentar esteja dentro do perfil de equilíbrio nutricional estabelecido é-lhe atribuído o selo “Boa Escolha”.

 

Chegou o selo Boa Escolha em Qualidade NutricionalA ConsumerChoice prevê que a submissão dos produtos na plataforma seja feita ainda este mês, com a avaliação e verificação por parte dos nutricionistas nos meses de novembro e dezembro. A divulgação dos produtos certificados como Boa Escolha será feita na primeira semana de janeiro.

 

O principal objetivo deste projeto é garantir que os produtos distinguidos como Boa Escolha são verdadeiramente respeitadores dos princípios de funcionalidade e da saúde dos consumidores. Toda a informação do projeto e respetiva plataforma de inscrição pode ser encontrada em https://boa-escolha.com/

Artigo anterior

Não é só o leite. Conheça os alimentos mais ricos em cálcio

Próximo artigo

Oito armadilhas turísticas a evitar na Europa