Home»GLAMOUR»CELEBRIDADES»Charlie Sheen experimenta medicina alternativa para combater o VIH

Charlie Sheen experimenta medicina alternativa para combater o VIH

O ator tornou público o seu estado de saúde em novembro de 2015. No entanto, Charlie já tem conhecimento da doença desde 2011.

Pinterest Google+
PUB

Charlie Sheen confessou no programa de televisão americano ‘Dr. Oz’ – um programa protagonizado por um médico que debate temas de saúde – que estava a experimentar medicinas alternativas para ajudá-lo a combater o VIH.

 

O ator foi acompanhado por um especialista chamado Samir Chachoua, no México. No site profissional deste especialista, Samir diz que pode «curar o incurável», como a SIDA, o cancro ou a esclerose múltipla, mas não é licenciado para poder praticar medicina nos Estados Unidos.

 

Inicialmente, Charlie Sheen foi submetido a um tratamento que consistia numa «série de injeções e posteriormente análises de sangue». Segundo o médico, havia ocorrido uma melhoria porque lhe foi enviado um teste que o próprio Samir tinha criado, a dizer que já não estava infetado. Chachoua estava tão convencido da sua cura que chegou a injetar nas suas próprias veias o sangue do ator. «A verdade é que aumentaram os níveis de VIH no sangue porque tinha deixado de tomar os antivirais», contou o ator, famoso pelo seu papel de Charlie na série americana ‘Dois Homens e Meio’.

 

Veja a galeria: As piores separações das estrelas

 

Após a sua confissão, Charlie Sheen não recomenda a ninguém a experiência que viveu: «Não vejo isto como uma roleta russa ou como uma rejeição permanente ao tratamento alternativo. Não recomendo a ninguém que faça isto. Eu apresentei-me como uma cobaia», afirmou.

 

«Estou a arriscar a minha vida? Sim, e depois? Já nasci morto», alegou Charlie. Quando o ator anunciou em novembro que tinha contraído o vírus da SIDA, informou o público que era apenas detetável no seu sangue. Os especialistas apontam que, em casos assim, é muito difícil contagiar alguém com a doença. No entanto, os seus níveis pioraram depois de testar a medicina alternativa.

 

O médico habitual do ator, Robert Huizenga, interviu no programa para expressar a sua preocupação perante a decisão que o seu paciente tomou anteriormente: «Partiu-me o coração quando puseste fora todas as melhorias que conseguimos desde que me consultaste em 2011». A partir do momento que Sheen confessou a sua saúde, vários parceiros sexuais têm-se queixado de o ator nunca lhes ter dito que tinha VIH e que muitos tiveram relações sexuais sem proteção.

 

 

Artigo anterior

As joias certas para o seu signo

Próximo artigo

Designer de moda portuguesa ganha prémio na China