Home»FOTOS»Chama-se La Tagliatella e quer dominar o mundo dos italianos em Portugal

Chama-se La Tagliatella e quer dominar o mundo dos italianos em Portugal

Com dois restaurantes afirmados em Lisboa, acaba de abrir o terceiro no início de janeiro, marcando o início de uma expansão pelo país em 2020. Os seus argumentos? Autêntica comida italiana a preços acessíveis. O objetivo? Liderar os restaurantes italianos de casual dinning em Portugal. E nós formos tirar a prova.

Pinterest Google+

Uma carta com a autêntica comida italiana, em doses generosas para partilhar e a preços acessíveis. São estes os argumentos da cadeia espanhola La Tagliatella, que se instalou no país há pouco mais de dois anos e pretende expandir a sua rede em Portugal em 2020.

 

Com três restaurantes em Lisboa – Parque das Nações, Avenida de Berna e Santos – pretende este ano chegar ao Porto, a Cascais e eventualmente a outras cidades, nas três a cinco novas aberturas previstas. Este ano, a La Tagliatella quer afirmar-se no mundo dos italianos para chegar a líder no casual dinning em Portugal.

 

A cadeia é espanhola, mas a inspiração vem de Itália, um país repleto de sabores e tradições culinárias. Tesouros que variam de região para região do país e que compõe a verdadeira cozinha italiana. E é tendo como base a especialização na cozinha tradicional destas regiões do norte de Itália, nomeadamente Piemonte, Ligúria e Emília-Romanha, que nasce o La Tagliatella. Com mais de 200 restaurantes, em Espanha, França e na Alemanha, o projeto leva a essência italiana para todos os países onde marca presença. Uma experiência que vai muito além da refeição e que enriquece este momento com uma forte aposta numa filosofia de partilha.

 

VEJA TAMBÉM: UMA EXPERIÊNCIA ASIÁTICA NO CAMPO PEQUENO

 

Com uma decoração acolhedora a remeter para imagens de Itália, os clientes são recebidos com um cesto de Pane de La Tagliatella – pão tradicional com tomate, azeitona e cebola – para se introduzirem nos sabores italianos enquanto percorrem a carta. E esta é vasta.  Apresenta os tradicionais antipasti, onde destacamos a Tagliata Napoletana, composta por uma base de tomate titurado com mozzarella de búfala, alici marinado e tomate amarelo; e a Provoletta, com queijo provolone derretido e legumes assados. Há vários carpaccios e tártaros para degustar, sendo o carpaccio de bacalhau com tomate confitado o mais incomum.

 

As saladas, também elas generosas, não deixam ninguém insatisfeito. Tem várias no menu, mas destacamos aqui a Insalata Affumicata, que junta alfaces variadas e sabores marinhos, como o camarão, o salmão, o bacalhau, o alici marinado e o picadinho de caranguejo. E também a Insalata di Foie, que às alfaces variadas junta foie mi-cuit, pera caramelizada, tomate amarelo confitado, compota de pêssego e perolas de framboesa numa base de focaccia genovesa. Diferente, não é?

 

Também há uma seleção de carnes, risottos e pastas várias, como o fusilli, o rigatone e o tortellini, como se espera de um bom italiano. Já lhe dissemos que as doses são feitas para partilhar? É que são mesmo bem generosas, para incentivar à tal partilha.

 

VEJA TAMBÉM: THE MIX, O MELHOR DO MAR EM CASCAIS

 

Saltamos rapidamente para as pizzas, com uma difícil escolha entre as 28 propostas. Para além do elevado leque de opções, há a destacar a massa desta pizza, típica de Roma, mais fininha, ao contrário da mais comum em Portugal, que é a napolitana. Desde a Tratufo Bianco, com trufa branca, gruyère, mel e pérolas de trufa branca, à Magnífica, com emmental, gruyère, cogumelos brancos e salame picante da Calábria, são muitas as opções que servem todos os gostos.

 

Fica a faltar a sobremesa. Também aqui a oferta é vasta. Chocolate, mascarpone, gelados feitos na casa… não resistimos a sugerir o Tutto Ciocollato, um petit gauteau cremoso com gelado à escolha, e o Cioccofondente, um creme de mascarpone com chocolate derretido, bolo e crocante de chocolate. Não sabemos é se vai conseguir partilhar qualquer um destes…

 

A refeição já vai longa e provavelmente muita coisa ficou pelo caminho. Não se preocupe. Leve o que resta para casa. O restaurante promove o combate ao desperdício acomodando o restante num saco diferenciado. Veja imagens na galeria acima.

 

Artigo anterior

Cabelo e pele: os cuidados de beleza essenciais para combater o frio

Próximo artigo

Começar o ano com um detox: o Panchakarma e a Ayurveda