S-Planeta

Cegonha-preta. Foto de Tahir Sialkot/picfair.com

Em outubro, milhares de aves sobrevoam o Algarve, a caminho dos seus territórios de invernada em África, proporcionando um espetáculo digno de um festival. É o Birdwatching Sagres.
A FAO tem como objetivo até 2030 reduzir para metade o desperdício alimentar per capita a nível mundial, do retalho e consumidor. Desta forma, comunicou algumas recomendações que podem ajudar-nos a participar desta boa causa em nossas casas. Ajudar está ao nosso alcance. Veja oito dicas práticas para reduzir o desperdício de alimentos em sua casa.

Mais de 800 milhões de pessoas sofrem com carência alimentar e, por outro lado, um terço dos alimentos produzidos no mundo para consumo humano é desperdiçado. Números altos? Sem dúvida. De seguida, veja cinco dicas para reduzir o desperdício alimentar em sua casa. Por Catarina Monteiro.
Lixo eletronico

A campanha nacional vai ajudar o cidadão a perceber onde colocar os equipamentos elétricos e eletrónicos que já não podem ser reparados e que atingiram o seu fim de vida.

O AYR Sustainability Platform foi um dos dez vencedores dos prémios Novo Bauhaus Europeu. A plataforma valoriza comportamentos sustentáveis em prol de uma sociedade descarbonizada.

A primeira avaliação sobre tubarões e raias no mar português destaca que 1,5 milhões destes animais são capturados anualmente em Portugal. A associação ambientalista ANP|WWF considera que o país deve ser líder europeu na sua proteção. Dia Mundial da Raia celebra-se a 17 de setembro.
sol

"Ar Saudável, Planeta Saudável" é o tema da data em 2021, o segundo ano em que a efeméride é assinalada pela ONU para promover um planeta com ar limpo.

A DECO PROTESTE, juntamente com as suas congéneres na Bélgica, em Itália e em Espanha, testou nove tipos de sacos de compras e os resultados são inesperados.
Baleia franca

A baleia franca do Atlântico Norte afastou-se no seu habitat natural e protegido e está agora mais exposta aos incidentes com navios e barcos de pesca comercial. Numa década, a população já caiu 26%.
Borrelho-de-coleira-interrompida

O projeto Bio-Ilhas pretende aumentar os locais disponíveis para as aves fazerem os seus ninhos e ao mesmo tempo requalificar as salinas e sapais de Olhão e Faro.

O projeto em Miranda do Douro é o primeiro de um conjunto de 30 que serão implementados em Portugal nos próximos meses.