SOCIEDADE

“Cenas” que me acontecem só a mim (ou então sou só eu que me queixo)

Pessoas que circulam à minha frente em ziguezagues enervam-me, deviam ser obrigadas a transportar na cabeça leds de mudança de direção. Por Sofia Rijo.
Tweets revelam características da personalidade dos utilizadores

Um estudo analisou 20 milhões de tweets e descobriu que, afinal, é possível detetar traços de personalidade pelo que se escreve em apenas 140 caracteres.
Um pequeno gesto, um grande sorriso…

No próximo dia 5 de dezembro, celebra-se o Dia Internacional do Voluntário. Fomos conhecer as razões de quem pratica este ato nobre. Pois, como diz a voluntária Joana Mendes, «muitas vezes, mesmo fazendo pouco, ajudamos muito a construir uma vida melhor».
banco alimentar

Mais de 42 mil voluntários vão estar em duas mil lojas de todo o país para recolherem bens alimentares em mais uma ação de luta contra a fome
Já ouviu falar na Li-Fi? A net 100 vezes mais rápida que o Wi-Fi?

Imagine ter uma tecnologia em casa que lhe permita transmitir dados a uma velocidade de 224 gigabits por segundo, o equivalente a cerca de 18 filmes de 1,5 GB transferidos por segundo.
Celebridades ‘transformadas’ para campanha contra a violência doméstica

São muitas as formas de expressar as maldades do mundo, e Alexsandro Palombo escolheu retratar uma delas – a violência doméstica – através da sua arte para que as mulheres “Rompam o Silêncio”. Porque hoje é o Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres.
Foto: Catedral de Reims

Esta é a palavra que marca a minha última semana, tal é o misto de emoções que me envolvem e confundem. Viajei dois dias em trabalho, para uma das cidades mais temidas dos últimos tempos, Paris. Por Sofia Rijo.
Mulheres terão ordenados mais baixos nos próximos 118 anos

As mulheres estão a receber salários com valores que o sexo masculino ganhava no ano 2006.
O terror do terrorismo

Tenho amigos muçulmanos. Tenho também amigos hindus, budistas, protestantes, católicos. E não me assusta a diferença. Antes, engrandece-me! Por Joana de Sousa Costa.
O terrorismo e a imperfeição da raça humana

O terrorismo alimenta-se da dor, da intolerância, mas não deve ser apenas medido apenas numa bitola mundial, porque este existe à nossa parte, na nossa família, nas nossas quizilas. Por Sofia Rijo.