VIDA

A falência da massificação

Mais do que nunca, os consumidores não procuram comprar apenas produtos mas antes estórias, emoções, honestidade, sustentabilidade. Por Joana de Sousa Costa
A cada personalidade adequa-se mais determinados tipos de joias. Quer conhecer a que mais combina consigo ou com aquela pessoa a quem quer oferecer um presente especial? Inspire-se aqui.

A cada personalidade adequa-se mais determinados tipos de joias. Quer conhecer a que mais combina consigo ou com aquela pessoa a quem quer oferecer um presente especial? Inspire-se aqui.
Louis Vuitton e UNICEF unem-se por uma boa causa

Louis Vuitton mostra o seu lado mais solidário e une-se à UNICEF para ajudar crianças em situações vulneráveis.
Os signos influenciam a forma como cada homem se comporta na relação sexual

Os signos influenciam a forma como cada homem se comporta na relação sexual. Descubra que signo combina melhor com a sua personalidade.
Não existe uma fórmula exata para arrumar uma casa. No entanto, existem algumas dicas chave que podem ajudar a manter a sua casa mais organizada. Confira aqui.

Não existe uma fórmula exata para arrumar uma casa. No entanto, existem algumas dicas chave que podem ajudar a manter a sua casa mais organizada. Confira aqui.
Cursos de respeito para seres ignorantes

A mim só me compete questionar em que raio de mundo vivemos, e se em pleno século 21, numa noite em que aparentemente deveríamos celebrar a alegria de estarmos vivos, pode ser expectável e normal que centenas de mulheres tenham sido alvo de violência sexual. Por Sofia Rijo.
Mudar o nome ou não mudar o nome?

Há cada vez menos mulheres a adotar o nome do marido após o casamento, optando por manter o seu apelido de solteira. Os últimos dados indicam que esta percentagem já está acima dos 60 por cento.
Mulheres portuguesas estão a fazer acontecer

Quantas vezes já pensou nas oportunidades que deixou passar na sua vida, tanto a nível pessoal como profissional, por ter pensado que provavelmente essa não era a melhor altura para avançar? Por Esther Liska.
images23e12a22aab5cbe9fc1ae94f1c8f09a2aaf644.jpg

O número de casais que opta por ter um negócio conjunto tem vindo a crescer. Esta tendência explica-se pela procura de ganhos financeiros e também pela perspetiva de a família ter um negócio próprio. No entanto, há desafios que devem ser levados em conta. Conheça casos reais e a opinião de uma psicóloga sobre o tema.
A mulher é como um cliente – tem sempre razão

Muita tinta tem corrido nos últimos dias, desde que foi divulgado, através dos media, que piropos de teor sexual poderão ser punidos judicialmente. Por Sofia Rijo.