DIREITOS HUMANOS

Com o mote “Tatua-te contra o Assédio em Locais Públicos”, a iniciativa pretende, num espírito de compromisso entre todos, sensibilizar a comunidade para este tema, já que 78% das mulheres já foi assediada em locais públicos.
mulher triste

Novo relatório da Organização das Nações Unidas mostra que quase metade das mulheres em cerca de 57 países não têm o poder de fazer escolhas sobre seus cuidados de saúde, contraceção ou vida sexual.

Esta semana ficou marcada por um incidente que colocou a nu a misoginia existente na Turquia. Destaque também para um novo relatório que destaca o incremento das desigualdades sociais devido à pandemia e ainda para uma catástrofe paralela aos ataques em Cabo Delgado: a fome dos deslocados. Na área do ambiente, os tubarões estiveram em destaque, com notícias sobre...

Para além dos ataques violentos com relatos de decapitações em Cabo Delgado, a fome está a alastrar-se entre os que fogem, aumentando ainda mais a dimensão da catástrofe humanitária que se vive no norte de Moçambique.

Novo relatório global faz uma avaliação abrangente das tendências dos direitos humanos em 2020, evidenciando como a COVID-19 foi usada por líderes como arma para intensificarem o seu ataque aos direitos humanos. Mulheres e refugiados entre as principais vítimas.

Dezenas de crianças mortas em Myanmar, aumento da escalada de violência em Cabo Delgado e aumento da discrepância de paridade entre homens e mulheres devido à pandemia são alguns dos temas tratados. Na área do ambiente, ficamos a saber o número atualizado de roazes que habitam no Sado ou os cuidados a ter nesta nova época de aproximação das...

Novo relatório do Fórum Económico Mundial dá conta da subida de 13 lugares de Portugal, que se encontra em 2021 em 22º lugar num universo de 156 países analisados. Devido aos impactos da pandemia, de uma forma global, são adicionados mais 36 anos ao tempo até que as mulheres consigam alcançar a igualdade de género. Islândia, Finlândia e Noruega...

A Save the Children denuncia um cenário de pesadelo no país, desde o golpe de estado que teve lugar a 1 de fevereiro, com crianças a serem mortas nas próprias casas, onde deveriam estar protegidas.

Novo relatório da Amnistia Internacional, ‘O que Vi foi a Morte: Crimes de guerra no “Cabo Esquecido” de Moçambique’, dá conta de centenas de pessoas mortas, encurraladas entre ataques do grupo terrorista ‘Al-Shabaab’, das forças governamentais e do Dyck Advisory Group. Mais de meio milhão de civis foram deslocados até à data, num conflito que continua a escalar nesta...

No podcast desta semana, damos-lhe conta, entre outros temas, da saída da Turquia da Convenção de Istambul, do agravamento da situação humanitária em Tigray, e também, na área do ambiente, do aumento da escassez de água na Península Ibérica e do desejo dos portugueses por um sistema generalizado de tara recuperável para garrafas e latas de plástico, metal ou vidro.