ALTERNATIVAS

Porque batemos na madeira a pedir proteção? Ou seguramos uma pestana entre os dedos quando pedimos um desejo? E de onde vem o gesto das figas? A jornalista Andreia Vale reuniu 114 superstições (113 podia dar azar) num livro, ‘Cruz Credo’, e nós revelamos-lhe aqui algumas.

Porque batemos na madeira a pedir proteção? Ou seguramos uma pestana entre os dedos quando pedimos um desejo? E de onde vem o gesto das figas? Recorde algumas das superstições mais ‘queridas’ dos portugueses.
Encontrar o amor numa agência…

Chegamos ao fim da estação da primavera e deparamo-nos com a evolução do ser. Após o seu primeiro respiro e o seu conforto, estamos preparados para começar a dizer as primeiras palavras. Este é aquele momento muito conhecido dos pais, quando pela primeira vez, ouvem seus filhos dizerem: “Papá, Mamã”. Chegamos a Gémeos o signo da comunicação. Por Isabel Guimarães.
A astrologia parece determinar e influenciar vários aspetos na personalidade de cada pessoa. Sabia que o seu físico e a sua saúde também são influenciados por esta pseudociência? Veja as recomendações da astróloga Susana Miller.

A astrologia parece determinar e influenciar vários aspetos na personalidade de cada pessoa. Sabia que o seu físico e a sua saúde também são influenciados por esta pseudociência? Veja as recomendações da astróloga Susana Miller.
Foto: freepik

Luz. Fogo. Calor. Intensidade. É verão! E, contudo, todos reagimos de forma diferente ao regresso desta estação do ano, que chega com as suas características distintas. Dependendo da constituição de nascimento, o verão pode aumentar o sentido interno de harmonia ou pode agravar uma das tendências inatas da pessoa. Por Michele Pó.
Cientistas alegam ter criado um preservativo que aumenta o prazer sexual

Após o primeiro respiro, dado pelo impulso de Carneiro, avançamos na faixa zodiacal para um signo mais fixo, onde a segurança é uma prioridade. Por Isabel Guimarães.
Foto: Victor Antunes

Saiba o que lhe ditam os astros para este mês. Uma previsão das astrólogas Carmen Ferreira e Isabel Guimarães.
Foto: freepik

O toque é desde tempos imemoriais a forma mais simples e profunda de serenar, acalmar e apaziguar a agitação do quotidiano, tendo uma função enraizante. No contexto da medicina ayurvédica, o maior número de desequilíbrios surge pelo desajuste do Vata (Ar e Éter) no corpo. Todas as nossas experiências físicas, emocionais, mentais, espirituais produzem memória, consciente ou inconsciente, que acaba por ser armazenada no corpo, tornando-se parte da sua profunda inteligência. Por Michele Pó.
Perdão não é submissão

Sonâncias, dissonâncias e tendências genéricas. A faixa zodiacal é composta pelos doze signos numa circunferência de 360 graus = 24 horas. Ao longo desta faixa, os signos fazem as suas oposições num angulo de 180º, e considero ser esta a primeira abordagem de compatibilidade de signos. Por Isabel Guimarães.
EEsta prática surgiu há cerca de três mil anos na China e defende que o espaço onde vivemos influencia o nosso bem-estar, pelo que ao agirmos nesse local poderemos melhorar o fluxo energético em diferentes esferas da nossa vida. Conheça algumas relações.

Esta prática surgiu há cerca de três mil anos na China e defende que o espaço onde vivemos influencia o nosso bem-estar, pelo que ao agirmos nesse local poderemos melhorar o fluxo energético em diferentes esferas da nossa vida. Conheça algumas relações.
Dimensões da mente na Ayurveda

Na visão da Medicina Ayurvédica todos os desequilíbrios têm para além de uma dimensão física, uma componente mental ativa. O exame da mente e das doenças psicológicas na Ayurveda é potencialmente tão complexo quanto o exame do corpo e das doenças físicas. Esta é uma observação penetrante e atenta que requer a perícia e a habilidade de compreender em profundidade aspetos que vão além dos aspetos físicos observados nos outros ramos da Ayurveda.