SUGESTÕES

Visitas guiadas ao Castelo de Palmela e ao Centro Histórico da vila acontecem de manhã e à tarde no primeiro sábado de cada mês. Veja algumas imagens dos atrativos da região.

Visitas guiadas ao Castelo de Palmela e ao Centro Histórico da vila acontecem de manhã e à tarde no primeiro sábado de cada mês.
Afirmam-se como uma marca de ‘salsichas premium’ 100% portuguesa que chegou para revolucionar mercado da street food. Vão estar presentes em vários festivais, nas suas carrinhas elétricas originais, também elas alusivas à identidade e cultura portuguesas. Veja as imagens.

Afirmam-se como uma marca de ‘salsichas premium’ 100% portuguesa que chegou para revolucionar mercado da street food nacional. Vão estar presentes em vários festivais, nas suas carrinhas elétricas originais, também elas alusivas à identidade e cultura portuguesas.
Janela de onde Mariana Alcoforado avistava o seu amado. Foto: terrassemsombra2018 (c) Arlindo Homem.

As paredes de Beja contam histórias fascinantes de outros tempos. Num Alentejo profundo e em tempos idos, uma freira apaixonou-se perdidamente por um militar francês… e por lá podemos ver hoje a janela gradeada de onde via o seu amado. A história peculiar de Mariana Alcoforado é o ponto de partida para mais uma edição do Festival Terras Sem Sombra, que no último fim de semana passou por Beja e que até julho vai continuar a dar a conhecer o Alentejo através da música, do património e da biodiversidade local.
Dear India by HumanEyes

Com entrada livre, a exposição cruza as perceções e emoções vivenciadas numa recente viagem ao país pelos artistas Carolina Piteira, HumanEyes e Roberto Zambino. Os artistas juntam pintura, documentário e fotografia em visões distintas, mas complementares deste país cheio de cores.
Ostras

Chama-se Vogue Café Porto e a coloca a Invicta no roteiro dos famosos espaços com a chancela Condé Nast International. Com uma carta variada, quer ser o espaço para um cocktail ou uma refeição leve a qualquer hora do dia.
Com recurso a um chef especialista em chocolate, a Associação de Defesa do Consumidor testou os bombons mais conhecidos do mercado. Numa escala de um a cinco estrelas, 10 das 15 marcas analisadas partilham a classificação de quatro estrelas. As outras cinco marcas de bombons (After Eight, Regina Classic Box, Baci Perugina, Côte D'Or Leite e Delaviuda Bombones) foram classificados com três estrelas. Veja, de seguida, a avaliação que a DECO faz a 15 bombons disponíveis no mercado.

Com recurso a um chef especialista em chocolate, a Associação de Defesa do Consumidor testou os bombons mais conhecidos do mercado e classificou-os numa escala de 1 a 5. Uma boa ajuda na hora de oferecer bombons.
O Monte Selvagem é um espaço muito grande, que lhe permite desfrutar de uma experiência de convívio com os animais ao ar livre. Nos seus 20 hectares, tem muitos animais para conhecer e até alimentar, zonas de lazer e brincadeira para os mais pequenos - com slides, baloiços e escorregas espalhados por toda a área - e agora também tem um projeto de arte ligado à natureza. A MOOD foi visitar o espaço e conta-lhe tudo. Veja as imagens.

O Monte Selvagem é um espaço muito grande, que lhe permite desfrutar de uma experiência de convívio com os animais ao ar livre. Nos seus 20 hectares, tem muitos animais para conhecer e até alimentar, zonas de lazer e brincadeira para os mais pequenos – com slides, baloiços e escorregas espalhados por toda a área – e agora também tem um projeto de arte ligado à natureza. A MOOD foi visitar o espaço e conta-lhe tudo.
A quarta edição da Feira Medieval de Corroios decorre durante quatro dias, no Parque Urbano da Quinta da Marialva, em Corroios. Até 6 de maio, o parque converte-se num portal para as Terras de Corroios, onde se pode comer, beber, dançar, lutar e ver várias artes e artifícios dos tempos medievais. Nós já lá fomos. Veja as imagens.

A quarta edição da Feira Medieval de Corroios decorreu durante quatro dias, no Parque Urbano da Quinta da Marialva. Até 6 de maio, o parque converteu-se num portal para as Terras de Corroios, onde se podia comer, beber, dançar, lutar e ver várias artes e artifícios dos tempos medievais. Nós fomos lá. Veja as imagens.
Zaytouna, uma mercearia do Médio Oriente chega a Lisboa

A cozinha do Médio Oriente é uma das grandes tendências gastronómicas… mas falta onde comprar os ingredientes. Com produtos provenientes da Jordânia, Líbano, Palestina, Síria, entre outros, o novo espaço promete colmatar essa falha e ser ainda um pequeno mundo de encontro de culturas.
Foto: Junta de Freguesia de Corroios

Tasquinhas, danças, tendas de mercadores e lutas medievais são algumas das atrações da quarta edição da feira medieval que vai decorrer nas ‘Terras de Corroios’ nos próximos quatro dias. Todos trajados a rigor.