COVID-19

Foram revelados os resultados iniciais dos ensaios com plasma realizados no Hospital Houston Methodist, nos EUA. Sem efeitos colaterais adversos causados pela transfusão de plasma, o estudo concluiu que esta é uma opção de tratamento segura para pacientes com doença grave de COVID-19.

Afinal, as pessoas que fumam ou usam cigarros de aquecimento ou eletrónicos têm maior risco de contrair a doença provocada pelo novo coronavírus? Não há estudos conclusivos, mas a Direção-Geral da Saúde responde às principais dúvidas e deixa algumas recomendações.

Em fase de desconfinamento, a fileira da moda reúne-se para debater soluções de recuperação e adaptação ao novo contexto COVID-19, numa conferência online de acesso gratuito. O debate visa a criação de redes coletivas de suporte entre empresas e setores.

Ao fazer rastreios, as autoridades de saúde perceberam também que «algumas pessoas – como em todo o mundo tem sido relatado – nem chegam a apresentar sintomas».

Para além de prevenir o contágio comunitário, com a sua aquisição está a contribuir para a angariação de fundos para a realização de sonhos transformadores de crianças e jovens com doenças crónicas.

A loja de roupa para criança adapta-se à nova realidade e reabre as lojas com dois novos serviços.

Ficar fechada em casa não significa descurar todos os cuidados de beleza. Pelo menos é isso que indicam os números de pesquisa e de vendas online revelados pelo site Women's Wear Daily. O site de moda e beleza avaliou evolução dos dados de pesquisa de como fazer em casa (DIY) e onde comprar determinados produtos de beleza. Veja os...

A tecnologia é uma das chaves para criar uma perceção de segurança e alavancar o setor. Os centros turísticos podem implementar infraestruturas para monitorizar os locais de maior afluência de pessoas, seja através de sensores, videovigilância ou câmaras térmicas. Mas há mais.

Estudo da Universidade de Coimbra e do Instituto Politécnico de Viseu é o primeiro a avaliar os efeitos da pandemia na perceção de segurança e planos de viagem e lazer dos portugueses. Devido à ameaça do novo coronavírus, os residentes nacionais sentem-se também muito inseguros para praticar atividades de lazer e turismo.

O facto de os alunos não terem a presença física do professor pode fazer com que se desconcentrem e desmotivem mais facilmente. Isto já pode acontecer no dia a dia, mesmo com a escola no seu contexto ‘normal’, quanto mais com aulas virtuais.