BEM-ESTAR

Lombo de bacalhau fresco com refogado de funcho e castanhas

Aprenda a fazer esta receita sofisticada criada pelo chef Frederic Breitenbuche para o restaurante River Lounge, localizado no hotel Myriad, em Lisboa
Para onde vou hoje? E amanhã?

Como é que podemos definir objetivos de modo a que eles se concretizem? Desde logo, utilizando uma linguagem que a mente inconsciente reconheça. Por Sérgio Oliveira.
Nova ‘app’ para iphone ajuda a detetar melanoma

A nova aplicação foi desenvolvida por um grupo de cientistas da Universidade de Oregon, nos Estados Unidos da América, em conjunto com a Apple e pode ser descarregada, de forma gratuita, na App Store.
Tamanho do cérebro não dita se somos mais ou menos inteligentes

Ter um cérebro grande não é sinónimo de ser mais inteligente, concluem cientistas após resumirem 88 estudos já publicados
«Os portugueses estão a comer melhor»

A propósito do Dia Mundial da Alimentação, falámos com a nutricionista Lilian Barros sobre como andam a comer os portugueses. E, afinal, não andam a comer assim tão mal.
Empada de Arraiolos passa a marca registada

Município espera aumentar a projeção de Arraiolos e atrair mais investimento para a região.
MOUSSE DE MARACUJÁ COM MOLHO DE CHOCOLATE BRANCO

Uma receita servida no Vintage Lisboa Hotel e que nós revelamos aqui
De onde vem afinal a motivação? Parte 2

Por vezes, damos por nós a dizer que andamos desmotivados, que não temos vontade de ir trabalhar ou de estar na relação em que estamos. Por Sérgio Oliveira.
Conheça-se: Defina a sua missão e pense nos objetivos que quer alcançar a curto e médio prazo. Identifique as suas paixões, os seus pontos fortes e analise o que deve melhorar para ser a marca que quer transmitir. Pode ser melhorar a sua comunicação verbal, pode implicar fazer uma formação ou melhorar a sua organização pessoal.

Chamam-lhe “ghosting” e é, na atualidade, a forma mais comum de terminar relacionamentos. Por Sofia Rijo.
Cientistas investigam porque é que os elefantes não têm cancro

Uma equipa de cientistas americanos descobriu uma característica genética que explica a raridade de casos de cancro nos elefantes e que pode ser a chave para novos avanços na prevenção da doença.