NUTRIÇÃO

Produtos químicos na indústria alimentar

Ainda existem produtos alimentares com quantidade de pesticidas superior ao máximo permitido. Por Mónica Venda.
Foto: freepik

Para além de inestética, uma barriga volumosa está associada a um risco elevado de diabetes e de doenças cardiovasculares, aumento da pressão arterial e elevadas taxas de colesterol e triglicéridos – o que não é nada saudável para o organismo. Por Alexandre Fernandes.
Feira da Dieta Mediterrânica em Tavira

Já muito se falou dos benefícios desta dieta para o organismo. Agora, um novo estudo prova mais um impacto positivo na saúde do cérebro.
Luis Saraiva: «Não há como o prazer de comer os alimentos na altura certa»

Tem duas grandes paixões: o desporto e a gastronomia. Para além de ser treinador de râguebi, o seu maior hobby consiste em andar pelos mercados em busca dos ingredientes mais frescos e cozinhar pratos imaginativos para a família e amigos. Agora lançou um livro, ‘Receitas Mês a Mês’, que promete acertar o passo dos portugueses com os produtos da época.
Foto: Freepik

Este é um relatório há muito aguardado. Os resultados deste teste resolvem finalmente esta controvérsia científica: a restrição calórica ajuda a prolongar a vida e a vive-la de forma mais saudável?
Zlati Dencheva: «Adotei esta alimentação pela saúde, pelos animais e pelo planeta»

Já ouviu falar em filosofia crudivegana? É o que defende esta psicóloga clínica apaixoanda por estilos de vida saudáveis e que acabaria por se formar em naturopatia. A base da alimentação 100% vegetal predominantemente crua e baixa em gorduras. Saiba mais.
Determinação, o melhor amigo da dieta

A maçã é a personificação da criação, do amor, da traição, do sonho, da mudança e…da relatividade. Conheça todas as suas potencialidades. Por Paula Mouta.
Uma vez que o sal pode estar dissimulado em muitos alimentos - e a sua ingestão excessiva pode expor as crianças a problemas cardíacos que chegarão mais tarde na vida - investigadores do Centro de Prevenção e Controlo das Doenças dos EUA deixam uma lista de recomendações aos pais e cuidadores na hora de prepararem as refeições dos mais novos.

A ingestão excessiva de sódio proveniente de inúmeros alimentos processados está a expor as crianças a problemas cardíacos que chegarão mais tarde na vida, segundo um novo estudo do Centro de Prevenção e Controlo das Doenças americano.
Foto: Freepik

A adesão a este método implica que a pessoa coma a sua última refeição do dia a meio da tarde e não volte a comer até ao pequeno-almoço da manhã seguinte.
Imagem: Freepik

Acredito que com a ação de cada um conseguiremos um futuro melhor para as gerações vindouras. Por Mónica Venda.