COMPORTAMENTO

Já tirou as suas férias e agora debate-se com a frustração de ter de trabalhar enquanto os outros se divertem? Não se preocupe. Há pequenos truques que ajudam a prolongar a sensação de férias.

Já tirou as suas férias e agora debate-se com a frustração de ter de trabalhar enquanto os outros se divertem? Não se preocupe. Há pequenos truques que ajudam a prolongar a sensação de férias.
Ajudamos menos os outros quando está calor

Ajudar o próximo é um comportamento vital para a evolução e sobrevivência da humanidade, mas um estudo publicado no ‘Jornal Europeu da Psicologia Social’ vem dizer que as temperaturas elevadas tornam o homem menos disposto a ser solidário.
Como percebe a sua própria vida? Qual o valor que dá às coisas boas que tem? O que aconteceu de bom para si nos últimos meses? Veja como fazer da gratidão um hábito diário. Veja de seguida.

Como percebe a sua própria vida? Qual o valor que dá às coisas boas que tem? O que aconteceu de bom para si nos últimos meses? Veja como fazer da gratidão um hábito diário. Por Vivian Baumann.
No nosso círculo de amigos, temos pessoas com perfis diferentes que trazem aspetos únicos às relações. Descubra que tipo de amigo é!

O Dia Internacional da Amizade foi proclamado, em 2011, pela Organização das Nações Unidas, como reconhecimento de que a amizade entre povos, países, culturas e indivíduos pode inspirar os esforços de paz e construir pontes entre as comunidades. O dia 30 de julho é, assim, o dia de todos os amigos. E de todos os perfis. No nosso círculo de amigos, temos pessoas com perfis diferentes que trazem aspetos únicos às relações. Descubra que tipo de amigo é!
Foto: Freepik

Se pensa que se consegue ‘esconder’ atrás de belas fotografias que publica nas redes sociais, pois saiba que não é bem assim. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Harvard e pela Universidade de Vermont mostra como a ciência computacional consegue detetar com eficiência estados depressivos em pessoas através da análise do perfil das fotografias publicadas.
Não é preciso um teste de QI para perceber se é mais inteligente do que as pessoas que o rodeiam. Segundo a ciência, alguns sinais podem evidencia-lo. Ora veja.

Não é preciso um teste de QI para perceber se é mais inteligente do que as pessoas que o rodeiam. Segundo a ciência, alguns sinais podem evidencia-lo. Ora veja.
Foto: freepik

Estar sucessiva e propositadamente a adiar ou atrasar assuntos que se tem em mãos pode ter origem no excesso de objetos que se possui, gerando desorganização. Há mais de 30 anos que o psicólogo americano Joseph Ferrari estuda a ‘arte’ de procrastinar. O estudioso tem-se debruçado ultimamente sobre a sua relação com a abundância e lança agora novos dados sobre a influência do consumismo desregrado na saúde mental.
O psiquiatra canadiano e autor de vários best sellers sobre o cérebro, Norman Doige, sugere cinco hábitos a inserir no dia a dia para melhorar o rendimento e saúde cerebral. Saiba quais são neste início de mais uma semana de trabalho.

O psiquiatra canadiano e autor de vários best sellers sobre o cérebro, Norman Doige, sugere cinco hábitos a inserir no dia a dia para melhorar o rendimento e saúde cerebral. Saiba quais são neste início de mais uma semana de trabalho.
1. Tenha uma agenda - Logo ao acordar, ou antes de dormir, anote tudo o que precisa de ser feito no dia seguinte. Use marcadores coloridos, símbolos ou números para destacar as atividades urgentes e importantes, que devem ser feitas naquele dia.

Alguma vez já se perguntou como é que algumas pessoas parecem ter tempo suficiente para fazer tudo o que querem, enquanto que outras estão sempre a correr contra o relógio? Por Vivian Baumann.
Causa e efeito

A desordem afetiva sazonal também pode surgir no verão, levando a um estado de depressão. Representa apenas cerca de 10 por cento dos casos diagnosticados, mas ainda assim convém conhecer os sinais nesta época do ano.