ESPECIALISTAS

Ver, Falar, Sentir

Já lhe aconteceu estarem a explicar-lhe alguma coisa e, ao repararem que não está a perceber, perguntaram-lhe: “Queres que te faça um desenho?” Talvez já tenha acontecido e com frequência. Por Sérgio Oliveira.
A mulher é como um cliente – tem sempre razão

Aquele que discute com o sexo feminino, mais concretamente com a companheira, namorada, esposa ou derivados só tem duas hipóteses: admitir que ela está certa, ou admitir que está errado. Por Sofia Rijo.
Estudo de Harvard mostra a importância de reduzir o consumo de gordura saturada

O tipo de gordura que escolhemos tem um impacto significativo na nossa saúde, não só a curto prazo, como também a longo prazo. Por Helena Cid.
Sabemos onde queremos estar!

No ser humano o que conta são os valores, o carácter, a integridade. E para tal basta que nos sejam dadas as mesmas oportunidades para provarmos a nossa competência, mas não nos abram portas só porque usamos saias! Por Esther Liska.
Para onde vou hoje? E amanhã? Parte 2

Agora que já sabe como definir objetivos utilizando uma linguagem que o cérebro reconhece e talvez até já tenha começado a elaborar os seus objetivos, gostaria de partilhar mais algumas dicas que poderão aumentar a eficácia de todo o processo. Por Sérgio Oliveira.
Amor e uma cabana? Já foste!

Esqueça os ciúmes, as traições, os filhos, as humilhações públicas e privadas e até mesmo a agressão física e psicológica. O fim dos relacionamentos tem um bode expiatório e o seu nome é dinheiro. Por Sofia Rijo.
pensamento

Deparo-me frequentemente com pessoas, em relações monogâmicas e estáveis, que vivem agoniadas porque sentiram atração por alguém que não o parceiro atual. Por Nuno Cristiano de Sousa.
Foco! É preciso focalizar-se nos seus objetivos

Por incrível que pareça, uma boa ideia não passa disso, se não for colocada em ação. Normalmente o indivíduo, face às vivências que tem, coloca obstáculos e dessa forma cria barreiras que o impede de atingir os objetivos. Por Esther Liska.
Para onde vou hoje? E amanhã?

Como é que podemos definir objetivos de modo a que eles se concretizem? Desde logo, utilizando uma linguagem que a mente inconsciente reconheça. Por Sérgio Oliveira.
Dates e encontros virtuais

Por uma questão de mera curiosidade, e porque meio mundo dos meus conhecimentos já lá andava, frequentei aquilo que é apelidado de site de encontros – boy meets girl meets boy, and so on. Por Sofia Rijo.