EDITORIAL

A nossa alimentação está a mudar

Não só porque há variadíssimas correntes às quais os consumidores podem aderir, como há novos alimentos a entrar na alimentação humana.
Foto: Freepik

Temos dois momentos no ano em que paramos e arrancamos: no início do novo ano e no regresso ao trabalho, depois de umas longas e descansadas férias. De resto, é o lufa, lufa diário, semanal, mensal que não nos dá margem para pensar.
CE: até 2030 todas as embalagens de plástico deverão ser recicláveis

Metade dos plásticos são utilizados uma única vez, a água que bebemos está na sua maioria contaminada com partículas de plástico e todos os anos se produzem mais e mais toneladas destes resíduos que vão, em grande parte, parar ao mar. Temos de reverter isto.
Foto: freepik

Comer bem está na moda. E comer bem entenda-se de forma nutricionalmente rica e querendo saber a origem e processo produtivo dos alimentos. E ainda bem.
Idade da mãe quando dá à luz pode influenciar sintomas de depressão nas filhas

Para quem vive a experiência, ser mãe é a melhor coisa do mundo. A partir do momento em que nasce o primeiro filho, o coração deixa de nos pertencer.
Daqui a 100 anos, a Terra vai voltar à temperatura de há 200 milhões de anos

Finalmente chegou a primavera. Mesmo que os dias continuem frios, o sol já começa a dar ar da sua graça, as cores começam a invadir o roupeiro, as pessoas a tomar conta das esplanadas. Vamos voltar a viver.
Comida saudável ‘alicia’ a comer mais quantidades

Quando falamos de amor, estamos a falar de química, quando falamos de nutrição, estamos a falar de química, quando falamos de stress, estamos a falar de química.
Vamos plantar? Falemos dos auxiliares!

Num espaço temporal de menos de um mês, várias iniciativas mostram que o mundo está também a evoluir no bom sentido. É necessário cuidar do planeta, para cuidarmos de todos nós. Por isso, quanto a nós, sustentabilidade é um termo que vamos ouvir falar muito neste ano. E ainda bem!
2018

Mas se estamos a falar de balanços, não deveria ser uma época para se pensar só no que faz falta, naquilo que ainda não se tem e se pretende alcançar. Também se deveria pensar no que já se tem. No que nos deixa felizes. E agradecermos, com outras tantas passas, o que temos de bom nas nossas vidas.
Foto: SandraGama/VisualHunt

Dezembro já está aí, a chuva já chegou, os cobertores já saíram do armário… está o cenário montado para vivermos a época natalícia como gostamos.